Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Web Summit: Lista de oradores inclui António Guterres e dois 'robots'

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/10/2017 Administrator

O secretário-geral das Nações Unidas, o português António Guterres, e o antigo Presidente francês François Hollande 'dividem' o cartaz de oradores da Web Summit com dois 'robots'.

Na página da conferência de tecnologia e inovação, que pelo segundo ano consecutivo decorre em Lisboa, de 06 a 09 de novembro, os primeiros nomes destacados são, além do português António Guterres, o da comissária europeia para a Concorrência, Magrethe Vestager, e do antigo vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore.

Também constam da primeira linha o cofundador e presidente executivo da plataforma de 'software' Slack, Stewart Butterfield, e o responsável executivo da rede social Reddit, Steve Huffman.

Da lista atual constam ainda o antigo Presidente francês François Hollande e o ex-primeiro ministro grego George Papandreou, bem como o secretário-geral da Amnistia Internacional, Salil Shetty.

Entre os portugueses estão também o comissário europeu para a Inovação, Ciência e Investigação, Carlos Moedas, o primeiro-ministro, António Costa, o presidente da câmara de Lisboa, Fernando Medina, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, a secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann ou a modelo Sara Sampaio.

Estão ainda agendados discursos de José Neves, presidente executivo (CEO) e cofundador da empresa Farfetch, da eurodeputada Marisa Matias, do presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, do CEO do Benfica, Domingos Oliveira, do 'youtuber' com quase cinco milhões de subscritores SirKazzio, do CEO da Veniam, João Barros, e da CEO da PT, Claudia Goya.

Outras participações nacionais programadas são as de José de Freitas Ferraz, diretor do Instituto Diplomático, Sérgio Pereira, cofundador da Clickly, Hugo Condesa, CEO da WeTek, Jaime Jorge, fundador da Codacy, Rui Coelho, diretor executivo da Invest Lisboa, Bruno Mota, CEO da Bold Internacional, Vasco Mello, 'chairman' (presidente do Conselho de Administração) da Brisa, Manuela Ferro, vice-presidente do World Bank, Cristina Campos, da Novartis, o surfista Tiago Pires e Luís Filipe de Castro Henriques, 'chairman' da AICEP.

Estarão também presentes Júlio César e Mile Svilar, jogadores do Benfica.

Dirigentes da Intel, Oracle, Tinder, Booking.com e a transexual Caitlyn Jenner (medalhista de ouro em Montreal, 1976, enquanto Bruce Jenner), o comissário europeu para a Segurança, o britânico Julian King, também são apresentados como 'speakers' (oradores), assim como o CEO da Altice, Michel Combes.

A lista com personalidades muito diversificadas integra ainda os 'robots' professor Einstein e a Sophia, da Hanson Robotics, e os primeiros-ministros da Estónia e do Luxemburgo, Juri Ratas e Xavier Bettel, respetivamente.

Como 'estrelas', ao lado de cantores ou atores, surgem os 'youtubers' com milhões de subscritores no seu currículo: Alfie Deyes, Jenna Marbles e Daniel Markham.

Os primeiros anúncios da organização de participantes incluíam ainda Garry Kasparov, lendário jogador de xadrez, e o banqueiro português António Horta Osório, responsável máximo do Lloyd Banking Group.

A organização referiu ainda contar com participantes de 160 países, incluindo Austrália, Quiribati e Quénia.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia que se realiza anualmente em Lisboa, esperando-se este ano mais de 60 mil participantes, incluindo mais de 20 mil empresas, sete mil presidentes executivos e dois mil jornalistas.

Estima-se que a edição de 2016 da Web Summit -- a primeira em Lisboa - tenha injetado 200 milhões de euros na economia nacional, sendo um quarto desse valor absorvido pela indústria hoteleira e 50 milhões pelos diversos fornecedores diretamente ligados ao evento.

Segundo informação oficial disponibilizada, desde 2010, as 'startups' portuguesas que se apresentaram na Web Summit já angariaram mais de 78 milhões de euros. Segundo dados da Startup Europe Partnership, esse valor representa cerca de um terço do total de 273 milhões de euros angariados pelas empresas desde 2010.

Em 2016 registou-se uma captação de 21 milhões de euros.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon