Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

West Ham com proposta por William Carvalho

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/08/2017 Rui Trombinhas
© Fornecido por O jogo

Destino do médio-defensivo parece estar traçado, mas a saída só será viabilizada se houver uma aproximação aos valores desejados pelo presidente do emblema leonino, o que ainda não aconteceu

O West Ham United é um dos emblemas que se perfila para assegurar o concurso de William Carvalho, procurando através de intermediários convencer o elenco diretivo liderado por Bruno de Carvalho para que aceite uma oferta na ordem dos 25 milhões de euros pelo internacional português, sabe O JOGO. Porém, o dirigente máximo dos leões mantém-se firme nas pretensões, concretamente no que diz respeito ao valor a encaixar com uma eventual transferência do médio-defensivo, ou seja, na ordem dos 35 milhões de euros.

Esta quarta-feira, a Imprensa inglesa, nomeadamente o "Daily Mail", avançou com a notícia de que o West Ham United estaria a preparar uma oferta na ordem dos 25 milhões de libras, entenda-se 27,6 milhões de euros, no entanto, apurou o nosso jornal, tal já passou da simples preparação da oferta, sabendo os responsáveis leoninos da demonstração de interesse do emblema londrino. Aliás, o West Ham United não é a única formação que procura assegurar o concurso do médio-defensivo, já que o West Bromwich Albion (WBA) e o Crystal Palace têm olhado para o processo com particular atenção, pese as condicionantes financeiras que o negócio impõe. Ainda entre os emblemas que têm sido associados a William Carvalho estão o Manchester City e o Arsenal, onde é visto como um atleta com algumas semelhanças com o saudoso Patrick Vieira.

Seja como for, por enquanto, William Carvalho aguarda por desenvolvimentos em torno da sua eventual transferência, tendo sido titular na primeira equipa oficial apresentada por Jorge Jesus, precisamente na jornada inaugural da Liga. O dono da camisola 14 verde e branca, como o nosso jornal oportunamente deu conta, assegurou ao técnico Jorge Jesus que estaria comprometido com o clube nesta fase em que o mercado de transferências permanece em aberto. Recorde-se que William tem uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros, referente a um vínculo laboral em vigor até 2020, sendo um dos capitães de equipa.

LEIA MAIS NA EDIÇÃO IMPRESSA OU E-PAPER

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon