Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

William Carvalho assume o sonho de conquistar a Taça das Confederações

Logótipo de LusaLusa 14/06/2017 João Godinho

Oeiras, Lisboa, 14 jun (Lusa) - O futebolista português William Carvalho assumiu hoje o sonho de ajudar a seleção portuguesa a vencer a Taça das Confederações, cujo arranque está marcado para sábado, na Rússia, e defendeu que Portugal é "obviamente" candidato ao título.

Em declarações prestadas na conferência de imprensa realizada na Cidade do Futebol, em Oeiras, o jogador do Sporting falou de uma competição diferente, em que a seleção lusa fará a sua estreia, num grupo com México, Rússia e Nova Zelândia.

"Como todos sabemos, é uma competição diferente, com um grau de dificuldade enorme. Obviamente que Portugal é candidato. Temos muitas outras seleções fortes e mais favoritas, mas temos o sonho de ganhar", afirmou, reiterando a "ambição de chegar o mais longe possível".

O internacional português vincou o valor de "outras seleções fortes", sem deixar de lembrar que Portugal irá respeitar os adversários nesta Taça das Confederações.

Questionado sobre as mudanças no grupo desde o Europeu de 2016, que Portugal conquistou, o jogador salientou que o grupo "continua a ser forte" e com valor para brilhar na prova.

"Saíram alguns jogadores e entraram outros. A nossa seleção está bem representada", frisou, comentando ainda a "concorrência saudável" com o portista Danilo pela posição de médio mais defensivo: "O Danilo é um grande jogador. Não há lugares cativos, ultimamente sou eu que tenho jogado mais, mas estamos todos prontos para ajudar”.

ANDRÉ KOSTERS/LUSA © LUSA / ANDRÉ KOSTERS ANDRÉ KOSTERS/LUSA

O médio da seleção das ‘quinas’ admitiu ainda o desgaste provocado por uma época longa, porém declarou ter total confiança na capacidade de gestão do selecionador nacional, Fernando Santos, sobre as condições físicas do grupo.

"O ‘mister’ tem gerido da melhor forma a situação, sabendo que muitos jogadores contam com muitos minutos nas pernas. Foi uma época longa, mas não nos focamos no cansaço", resumiu.

A polémica em torno da acusação da justiça espanhola a Cristiano Ronaldo, por alegada fuga aos impostos, foi igualmente abordada na conferência de imprensa, mas William Carvalho confessou continuar a ver o ‘capitão’ da seleção tranquilo.

"Para ser sincero, não estou a par das acusações, mas o que tenho visto é que o Cristiano está de corpo e alma na seleção e muito tranquilo. O que tenho visto é que ele está normalíssimo e sorridente", concluiu.

A seleção lusa cumpre hoje o último treino em solo nacional, na Cidade do Futebol, e terá de seguida um breve encontro com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Após esse encontro, a comitiva parte às 13:45 do Aeroporto Humberto Delgado para a Rússia, iniciando a Taça das Confederações no domingo, frente ao México, em Kazan.

JYGO/AYCO // PFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon