Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

ZêzereArts leva música erudita a monumentos do centro do país até ao final do mês

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/07/2017 Administrator

O festival ZêzereArts, que este ano tem o português Eurico Carrapatoso como compositor residente, leva, até ao final do mês, música erudita a igrejas e monumentos dos concelhos de Ferreira do Zêzere, Tomar, Vila Nova da Barquinha e Batalha.

A decorrer desde o passado fim de semana, o festival tem hoje, às 18:00, na Charola do Convento de Cristo, uma atuação do seu Coro de Câmara, dirigido pelo maestro Brian Mackay, que em 2011 promoveu a primeira edição do ZêzereArts, então apenas no concelho de Ferreira do Zêzere, onde reside.

Com uma componente de residência artística, que reúne músicos de todo o mundo e que este ano tem pela primeira vez um compositor convidado, o festival alargou a sua área de intervenção, passando a disponibilizar concertos, de entrada livre, em locais como o Convento de Cristo, em Tomar, o Mosteiro da Batalha, o Castelo de Almourol, em Vila Nova da Barquinha ou a renovada igreja de Areias, em Ferreira do Zêzere, entre outros, segundo uma nota da organização.

O Coro de Câmara do ZêzereArts interpreta, nos concertos como o que vai acontecer hoje no Convento de Cristo, trabalhos do primeiro compositor em residência, Eurico Carrapatoso, e o Coro Sinfónico canta "A Criação", de Haydn, acrescenta.

Por outro lado, jovens violinistas, orientados pelo violinista letão Ilya Grubert, dão concertos de repertório para violino e música de câmara.

Neste festival de música de verão no centro do país há interpretações a "solo, de câmara, orquestra, ópera, performances formais e informais, por vezes quando menos se espera", afirma o texto de divulgação.

Para a organização, a introdução da figura do compositor residente vem "enriquecer o programa e aumentar a ligação com a música 'viva'", salientando o "orgulho" com a aceitação do convite por parte de Eurico Carrapatoso para inaugurar esta nova valência do festival.

"A presença de um compositor em residência desempenhará um papel importante na nossa determinação em promover e disseminar o trabalho de compositores vivos", salienta.

Além da participação num 'workshop' com o compositor, o Coro de Câmara do ZêzereArts vai interpretar música sua, como o "Pequeno Poemário de Pessoa" e as "Três Peças Sacras", tendo ainda Eurico Carrapatoso participado na seleção do repertório para o festival.

Para acompanhar a interpretação das suas obras, o compositor escolheu "Schein uns, du liebe Sonne" ("Brilha sobre nós, querido sol"), de Arnold Schönberg, e o Requiem de Herbert Howell.

O festival inclui ainda 'masterclasses' para intérpretes avançados de cordas e grupos de câmara, conduzidas pelos violinistas Eliot Lawson e Luís Pacheco Cunha, Jorge Alves (viola), Catherine Strynkx (violoncelo) e Adriano Aguiar (contrabaixo), que formam o "núcleo" da orquestra ZêzereArts.

Sábado à noite, o Coro Sinfónico do ZêzereArts interpreta, com a Orquestra Clássica da Madeira, "A Criação", de Haydn, no Claustro D. João III, no Convento de Cristo, em Tomar, com direção de Bryan MacKay.

Para domingo à noite está agendado o concerto "Music for the 'Imperfect' Chapel", nas Capelas Imperfeitas, no Mosteiro da Batalha, concerto de música de câmara para cordas pelos estudantes das 'masterclasses' de cordas do ZêzereArts.

Na segunda-feira à tarde, a Igreja Matriz de Atalaia, em Vila Nova da Barquinha, recebe um recital de estudantes e professores das 'masterclasses' de cordas, realizando-se, no dia 27 à noite, um espetáculo de música e dança, no Claustro D. João III, no Convento de Cristo, com atuação da Orquestra ZêzereArts.

Este espetáculo repete no dia 28 à noite no Castelo de Almourol, em Vila Nova da Barquinha, realizando-se à tarde, no Cineteatro Paraíso, em Tomar, um recital pelos estudantes das 'masterclasses' de cordas.

O festival termina no dia 29 à noite com um Concerto de Gala na Igreja Matriz de Areias, em Ferreira do Zêzere, com o Coro da Comunidade, Orquestra e Solistas do ZêzereArts, conduzidos por Brian MacKay, pelo violinista principal Eliot Lawson e pelo maestro convidado António Sousa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon