Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016

Logótipo de ECO.PT ECO.PT 19/03/2017 ECO

Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016

Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016
© Swipe News, SA

Todos os anos, a Forbes revela a lista dos escritores que, ao longo desses doze meses, lucraram mais com os seus livros. E o normal é que se encontrem os habitués, autores que todos estamos habituados a ver nos tops de vendas constantemente, e as estreias, que podem ser muito surpreendentes.

Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016

Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016
© Swipe News, SA

O primeiro lugar é ocupado por James Patterson, que se destacou drasticamente do segundo classificado em termos de ganhos no ano passado. Já na base da contagem surge Dan Brown, ainda a lucrar com as receitas das adaptações cinematográficas dos seus filmes e a preparar a próxima obra. O último livro que publicou foi Inferno, em 2013.

Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016 © Swipe News, SA Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016

Saiba quanto ganharam os reis e rainhas da literatura internacional em 2016:

13 – Dan Brown – 9,5 milhões de dólares (8,9 milhões de euros) — Só no último ano, o autor de “O Código Da Vinci”, “Anjos e Demónios” ou “Inferno” conseguiu angariar 8,9 milhões de euros. Editora nos EUA: Penguin Random House / Editora em Portugal: Bertrand.

12 – Rick Riordan – 9,5 milhões de dólares (8,9 milhões de euros) — O autor de uma das grandes séries infanto-juvenis, “Percy Jackson”, viu alguns dos seus livros serem adaptados ao cinema e continua ativamente a escrever sobre outros braços da mitologia e do mundo sobrenatural além das aventuras do seu herói original, Percy. Editora nos EUA – Disney Hyperion / Editora em Portugal – Planeta.

11 – George R. R. Martin – 9,5 milhões de dólares (8,4 milhões de euros) — O autor da saga “Uma Canção de Fogo e Gelo” não publica um livro há seis anos e tem o mundo inteiro à sua espera, mas ainda entra na lista dos autores mais bem pagos devido aos honorários que recebe da série adaptada dos seus livros. Editora nos EUA – Random House / Editora em Portugal – Saída de Emergência.

10 – Paula Hawkins – 10 milhões de dólares (9,3 milhões de euros) — Uma das grandes estreias da lista do ano passado foi a autora de “A Rapariga no Comboio”. Antes do lançamento desta obra, Hawkins não era muito conhecida, mas o thriller mais lido do ano passado transportou-a diretamente para os tops de todo o mundo. Editora nos EUA – Penguin Random House / Editora em Portugal – 20|20 Editora.

9 – John Green – 10 milhões de dólares (9,3 milhões de euros)

“A Culpa é das Estrelas” e “Cidades de Papel”, duas das suas obras mais conhecidas, já foram adaptadas para o cinema. “À Procura de Alaska” e “Uma Abundância de Katherines” ainda não, mas tendo em conta a receita dos dois primeiros, que Green ainda está a receber, há a possibilidade de também serem. Editora nos EUA – Penguin Random House / Editora em Portugal – LeYa.

8 – Veronica Roth – 10 milhões de dólares (9,3 milhões de euros) — A autora de uma das séries mais populares entre o público infanto-juvenil, “Divergente”, lançou já este ano uma nova obra, mas no ano passado, mesmo sem contar com ela, ainda lucrou 9,3 milhões de euros. Editora nos EUA – Harper Collins /Editora em Portugal – Porto Editora.

7 – Stephen King – 15 milhões de dólares (14 milhões de euros) — Outro membro veterano da lista dos mais bem remunerados é outro elemento da realeza, desta vez do horror e do sobrenatural. No último ano, King conseguiu mais de 14 milhões de euros com as suas obras, e no final do verão deste ano vai chegar mais uma adaptação ao cinema de uma delas. Editora nos EUA – Doubleday / Editora em Portugal – Bertrand.

6 – E. L. James – 14 milhões de dólares (13,1 milhões de euros) — Graças à trilogia erótica “As Cinquenta Sombras de Grey”, à qual se juntou este ano um quarto volume, “Grey”, rendeu à autora a entrada na lista dos vips. Editora nos EUA – Random House / Editora em Portugal – LeYa.

Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016 © Swipe News, SA Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016 Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016 © Swipe News, SA Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016

5 – Danielle Steel – 15 milhões de dólares (14 milhões de euros) — Uma das autoras românticas mais bem-sucedidas em todo o mundo continua na lista ano após ano. Ao todo, já conta com 129 obras publicadas. Editora nos EUA – Delacorte Press / Editora em Portugal – Bertrand.

Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016

Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016
© Swipe News, SA

4 – Nora Roberts – 15 milhões de dólares (14 milhões de euros) — A rainha do romance norte-americano conseguiu a mesma soma que Steele, e continua imparável. Já tem mais de 200 livros editados e, por ano, dá aos leitores mais cinco razões para sorrir. Editora nos EUA – Penguin Random House / Editora em Portugal – Saída de Emergência.

3 – J. K. Rowling – 19 milhões de dólares (17,7 milhões de euros) — A autora britânica mais lida das últimas décadas, autora da série infanto-juvenil mais lida de sempre, “Harry Potter”, continua de pedra e cal na lista dos mais bem pagos do mundo. Editora nos EUA – Bloomsbury / Editora em Portugal – Porto Editora.

Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016 © Swipe News, SA Bestsellers: Os 13 escritores que mais lucraram em 2016

2 – Jeff Kinney – 19,5 milhões de dólares (18,2 milhões de euros) — Outra das presenças habituais na lista dos autores mais bem pagos é Jeff Kinney, graças à sua série O Diário de um Banana, uma das mais populares entre o público infanto-juvenil. Editora nos EUA – Abrams / Editora em Portugal – Booksmile (20|20 Editora).

1 – James Patterson – 95 milhões de dólares (88,9 milhões de euros) — É, por uma larga margem, o autor mais rico do mundo. Só no último ano, ele e os seus escritores-adjuntos publicaram mais de uma dúzia de livros, numa autêntica indústria. Editora nos EUA – Hachette Book Group / Editora em Portugal – TopSeller.

AdChoices
AdChoices

Mais de Eco.pt

image beaconimage beaconimage beacon