Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Finanças pessoais, negócios, carreira e luxo

Universidade Nova é a única portuguesa no top 50 das sub-50

Logótipo de ECO.PT ECO.PT há 6 dias ECO
© Fornecido por ECO - Economia Online © Swipe News, SA © Fornecido por ECO - Economia Online

A Universidade Nova de Lisboa melhorou a sua posição no ranking “QS Top 50 under 50“, elaborado pela consultora britânica Quacquarelli Symonds (QS), que elege as melhores universidades com menos de 50 anos. A única universidade portuguesa no ranking para o 41.º lugar e destaca-se pela internacionalização de docentes e pelo número de professores por aluno.

“Estes resultados confirmam, pelo quinto ano consecutivo, a qualidade crescentemente reconhecida à Nova, apesar da sua juventude, e nas suas várias dimensões, tanto pela comunidade académica como pelo mercado de trabalho, e tanto em Portugal como no estrangeiro”, afirma o reitor da Universidade Nova, António Rendas, em comunicado.

Ler Mais Universidades: Duas portuguesas entre as melhores do mundo

A reputação junto de empregadores e reputação académica foram os critérios que registaram maiores subidas no ranking deste ano. A nível nacional, a UNL destaca-se no rácio de professor por aluno, ficando 76% acima da média das universidades portuguesas. Também é líder na internacionalização do corpo docente, o que posiciona a universidade como atrativa para docentes e investigadores estrangeiros.

Ler Mais Da janela da universidade do Porto vê-se o mundo inteiro

O QS Top 50 under 50 é “considerado um dos mais importantes rankings para universidades mundiais com menos de 50 anos”, revela a universidade. Contudo, a nível global e sem limite de idades, a consultora britânica Quacquarelli Symonds pôs a Universidade do Porto à frente da Universidade Nova de Lisboa, em 301.º e 361.º lugares, respetivamente.

Primeiro voo direto Japão-Portugal: Chegaram 245 turistas

A SEGUIR
A SEGUIR

O melhor do MSN em qualquer dispositivo


AdChoices
AdChoices

Mais de Eco.pt

image beaconimage beaconimage beacon