Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Odebrecht pede proteção contra credores para evitar falência

Com dívidas acumuladas de 83 mil milhões de reais, cerca de 19 mil milhões de euros, a construtora brasileira Odebrecht, no centro do escândalo de corrupção Lava Jato, recorreu ao mecanismo de proteção contra credores para tentar evitar a falência. O pedido de recuperação judicial, feito no Tribunal de Justiça de São Paulo, é o maior na história do Brasil. O processo envolve 21 empresas não operacionais do grupo e 51 mil milhões de reais, perto de 12 mil milhões de euros, de dívidas passíveis de reestruturação. O mecanismo de proteção permite a uma empresa com excesso de dívidas, mas que não está ainda numa situação de cessação de pagamentos, manter a atividade e empregos, dispondo de um prazo de seis meses para resolver os litígios com os credores, enquanto efetua uma restruturação dos negócios e define um plano de resgate financeiro, com o objetivo de evitar a bancarrota.
image beaconimage beaconimage beacon