Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bruxelas multa bancos por práticas de cartel nos mercados cambiais

Mais de mil milhões de euros é o valor das multas a pagar por cinco bancos internacionais por atividades de cartel nos mercados cambiais. Os bancos integravam dois cartéis: O primeiro, denominado "Forex - Three Way Banana Split", era composto pelo Barclays, o Royal Bank Of Scotland (RBS), o Citigroup e o JPMorgan. Bruxelas impôs a este grupo uma multa de 811 milhões de euros. O segundo, denominado "Forex - Essex Express", composto pelo Barclays, o RBS e o MUFG - o maior banco do Japão -, foi condenado a pagar 257 milhões de euros. Os negócios envolviam 11 moedas entre as quais o euro. A denúncia veio do UBS já em 2013. Na altura, a Comissão Europeia abriu uma investigação que deu agora como provada a "troca de informações sensíveis e de planos de negócios, assim como a coordenação de estratégias comerciais em salas de 'chat' na internet". O banco suiço, na origem da denúncia, ainda que envolvido no esquema, acabou por ser poupado a multas por ter denunciado as operações. Com estas multas a Comissão Europeia faz saber, através da comissária para a Concorrência, Margrethe Vestager que "não tolerará comportamentos coniventes em qualquer setor dos mercados financeiros".
image beaconimage beaconimage beacon