Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Budapeste acolhe UIT Telecom World

A capital da Hungria, Budapeste, acolhe a conferência anual UIT Telecom World da União Internacional das Telecomunicações . Trata-se de um ponto de encontro para investidores, decisores, empresários e inovadores. "Este evento, organizado pelas Naçóes Unidas, trata de ligar mercados digitais desenvolvidos a mercados emergentes, explorar as tecnologias e inovações mais recentes. Este ano, as redes 5G são o destaque principal" afirma o repórter da euronews, Damon Embling, que esteve presente na abertura do encontro. O gigante chinês das telecomunicações Huawei não esconde as ambições globais. Mas na Europa, a segurança é um obstáculo. Para lém disso, a empresa integra a lista negra norte-americana e Washington diz que a tecnologia pode ser utilizada por Pequim para efeitos de espionagem. O vice-presidente da Huawei para a Europa Central e Países Nórdicos, Radoslaw Kedzia, afirma que "a pressão é mais política do que técnica. Ninguém apresentou provas concretas. Acho que somos vítimas do nosso próprio sucesso", afirma. Interrogado sobre se as acusações de espionagem têm algum fundamento, Radoslaw Kedzia responde dizendo que "são totalmente infundadas e discriminatórias". As pequena empreas também estão representadas neste evento de alcance global. A aplicação SEMSE foi criada por um grupo de músicos, designers e programadores húngaros. Esta app traduz correntes de micro volts com origem no cérebro em impulsos. "É um jogo inspirado pela ficção científica, andamos numa nave espacial, concentramo-nos e relaxamos. Pode ser usado em educação. As crianças podem aprender a concentrarem-se e a meditar", adianta Samu Csernak, um dos co-fundadores da SEMSE. Os debates e discussões desta edição da conferência concentram-se nos efeitos das conexões digitais e na proteção da privacidade. Tudo isto sob um pano de fundo de ausência de confiança por parte dos consumidores. "Isto é uma questão para as nossas indústrias, administradores, reguladores, autoridades públicas, têm todos que trabalhar em conjunto de forma a podermos reconquistar a confiança das consumidores na proteção da privacidade", afirma o secretário-geral da UIT, Houlin Zhao. O encontro da UIT termina na quinta-feira.
image beaconimage beaconimage beacon