Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autos - Top Stories - O melhor do mundo automóvel está aqui

Vai comprar um carro usado? Evite os seis erros mais comuns

Logótipo de Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto 04/07/2018 Notícias ao Minuto
As dicas são do portal de compra e venda de automóveis Standvirtual.: Vai comprar um carro usado? Evite os seis erros mais comuns © iStock Vai comprar um carro usado? Evite os seis erros mais comuns

Comprar um carro em segunda mão é uma alternativa para quem quer poupar algum dinheiro, mas deve ter alguns aspetos em atenção, caso contrário poderá estar também a ‘comprar uma dor de cabeça’.

“Comprar carros em segunda-mão é uma alternativa que permite poupar bastante. Em Portugal a compra de carros usados é duas vezes superior à compra de carros novos e a internet tem um papel importante nestas transações”, refere o Standvirtual, um portal de compra e venda de automóveis.

De acordo com o portal, há seis erros muito comuns neste processo e, por isso, “é preciso que tenha alguns cuidados”:

  • Não definir um objetivo "Para que é que precisa de adquirir um carro? Antes de avançar para a compra de um automóvel é preciso que pense na finalidade que lhe vai dar. Precisa de um carro para transportar os seus três filhos? Então não vai comprar um comercial de dois lugares. Deve procurar um carro que satisfaça as suas necessidades, adequado ao seu estilo de vida e que agrade ao mesmo tempo."
  • Não pesquisar - "Imagine que está de olho num determinado carro usado. É importante que pesquise sobre o modelo, o preço praticado no mercado, a concessionária que o está a vender, por exemplo. Para evitar ser enganado e também para poder negociar os preços é fundamental que esteja informado."
  • Não verificar - "Não fazer uma verificação das condições do carro é um erro crasso. Não deixe de analisar os documentos da viatura, o livro de revisões, as folhas de inspeção, o DUA. Verifique se os pagamentos e impostos como o IUC foram efetuados nas datas devidas."
  • Não investigar - "Através da matrícula e até do VIN – Número de identificação do veículo – que consta nos anúncios do Standvirtual pode obter informações acerca do veículo. Investigue, qual o seguro do automóvel e as respetivas: data, apólice, cobertura e modalidades. Peça, na Conservatória do Registo Automóvel, uma certidão comprovativa da situação judicial do carro. Assim terá acesso ao histórico do veículo (multas, acidentes, penhoras). Pela segurança da compra, não ignore este passo."
  • Não testar - "Quando for ver o carro faça-se acompanhar, sempre que possível, de um mecânico da sua confiança. Juntos, verifiquem os interiores e exteriores e toda a maquinaria."
  • Não se prevenir - "Todos os carros usados têm garantia de dois anos, a não ser que sejam comprados a particulares. Por isso, mantenha consigo todos os documentos relativos à compra do automóvel. Peça um comprovativo de compra e venda do veículo ou um documento que comprove a transação e registe a viatura no seu nome."

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor. Descarregue a nossa App gratuita para iPhone, iPad e Android

iOS e Android

AdChoices
AdChoices

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon