Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Expresso da Meia-Noite sobre o SIRESP: “A vida das pessoas tem que exigir respostas a 100%”

Portugal está a um mês da abertura oficial da época de fogos florestais. A pergunta que se impõe é a que toda a gente faz: o país está preparado? Pedrógão e o dia 15 de Outubro de 2017 vieram comprovar que o Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) apresentou falhas nas horas em que a população dele necessitou. Envolto em polémica desde o "berço", sofreu, em 2018, uma "recauchutagem" para se tornar um meio de comunicação mais fidedigno. Esse "upgrade" traduziu-se num reforço de mais 15,6 milhões de euros e, como defende Liliana Valente, jornalista do Público, “já se trata quase de uma segunda rede para um contrato que termina em 2021”. Duarte Caldeira, presidente do Centro de Estudos e Intervenção em Proteção Civil, diz que "perante a vida humana são necessárias respostas sem falhas de sistema”. José Artur Neves, secretário de Estado da Proteção Civil e Tiago Martins de Oliveira, presidente da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais, foram os outros elementos do painel que comentaram os relatórios escondidos do SIRESP. O debate foi moderado por Bernardo Ferrão, da SIC, e Filipe Santos da Costa, do Expresso, e emitido na noite de 12 de abril na SIC Notícias

A SEGUIR

A SEGUIR

image beaconimage beaconimage beacon