Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

stilo, Moda, Família, Relações e Vida

Jeans: o verdadeiro vestuário de trabalho

Logótipo de Delas Delas 16/02/2017 margaridapaes
destaque © Fornecido por GLOBAL NOTÍCIAS, Publicações, S.A. destaque

As calças mais conhecidas do mundo são as de ganga (aka jeans). Como normalmente estão associadas a looks informais, não são vistas como adequadas para ir trabalhar. O que é uma tremenda ironia, visto que esta peça de vestuário teve origem precisamente como roupa de trabalho.

Estávamos em S. Francisco na década de cinquenta do século dezanove, quando Levi Strauss (fundador da Levi’s) criou umas calças de lona, destinadas aos mineiros, por serem extremamente resistentes. O modelo foi um sucesso e rapidamente se tornou num best seller entre os trabalhadores da região. Mas havia uma queixa: eram demasiado rígidas. Foi então que Levi trocou a lona pela ganga, uma sarja de algodão muito resistente e maleável.

Leia também o artigo Sapatos rasos para ir trabalhar

Assim nasceram os primeiros jeans, apesar da data da criação fazer referência ao dia em que a patente da invenção foi registada, 20 de maio de 1873. Nesta data, Levi Strauss juntou-se a Jacob Davis, um alfaiate de Reno, que tinha inventado uma nova técnica para reforçar as costuras das calças com rebites de metal, e registou a patente.

Durante muito tempo, este tipo de calças estava destinado aos trabalhadores, por ser tão resistente, mas ao longo do tempo foi-se democratizando e conquistou o mundo inteiro. Hoje continuam a ser um best seller e, apesar da descontração e juventude que lhe são características, os jeans podem e devem continuar a ser usados no local de trabalho. Veja como na nossa galeria.

AdChoices
AdChoices

Mais de Delas.pt

image beaconimage beaconimage beacon