Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Oito formas de cultivar o amor-próprio

Logótipo de Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto há 5 dias Notícias Ao Minuto
Uma das melhores formas de melhorar a autoestima é através do amor-próprio.: Oito formas de cultivar o amor-próprio © iStock Oito formas de cultivar o amor-próprio

Somente quando uma pessoa se valoriza a si mesma, respeita as suas próprias decisões, o seu próprio corpo e a sua forma de pensar, tenta melhorar de dia para dia cada gesto e procura sempre um estilo de vida mais saudável e equilibrado é que é possível alcançar a plenitude, seja a nível de saúde ou bem-estar.

Cultivar o amor-próprio é um requisito para se ser mais feliz, mais consciente e mais aberto a novas experiências, mas para cultivar esse mesmo amor-próprio é também preciso adotar novos hábitos, tomar novas decisões e até mesmo escolher um novo rumo, um caminho para uma vida mais pausada e centrada nas próprias necessidades.

De acordo com o site Mind Body Green são estes o oito aspetos a ter em conta:

1 – Meditar todos os dias, não só para baixar os níveis de stress (que bloqueiam a capacidade racional de pensar), mas também para melhorar a concentração;

2 – Praticar exercício três vezes por semana, de forma a conseguir ter mais energia, mais vitalidade e um corpo mais esbelto. Por muito que se tente ignorar aquilo que se vê ao espelho, a verdade é que o corpo tem um peso determinante na capacidade de uma pessoa se amar;

3 – Ler muito e de preferência vários estilos literários, incluindo ainda livros de auto-ajuda ou de aconselhamento nutricional;

4 – Dar valor aos amigos que se tem e procurar manter apenas amizade com aqueles que fazem bem, excluindo todo o tipo de amigos tóxicos do grupo mais íntimo;

5 – Adotar um estilo de vida mais minimalista, onde é dada uma maior relevância aos pormenores e pequenos momentos;

6 – Tentar aprender algo novo todos os dias ou com muita frequência. O saber não só não ocupa lugar como aumenta mesmo a confiança;

7 – Ter um propósito de vida que seja realizável;

8 – Desistir quando for necessário, mas desde que se tire sempre uma lição desse momento.

AdChoices
AdChoices

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon