Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Eólicas vão poder acoplar centrais solares

Logótipo de Expresso Expresso 06/04/2019 Miguel Prado

Renováveis. Governo quer aproveitar a rede elétrica existente para receber energia fotovoltaica nos períodos em que não há vento

Compensar a intermitência eólica com energia solar é um dos objetivos do Governo © José caria Compensar a intermitência eólica com energia solar é um dos objetivos do Governo

O Governo quer fomentar em Portugal projetos híbridos de energia eólica e solar, aproveitando a rede elétrica existente para maximizar o aproveitamento de fontes renováveis. O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, admitiu ao Expresso que o objetivo é criar o enquadramento jurídico necessário para licenciar esses projetos ainda antes das eleições legislativas deste ano.

A meta é, portanto, legislar sobre os projetos híbridos até outubro. “Tudo faremos nesse sentido”, declarou o governante, à margem da conferência anual da associação eólica europeia, a Wind Europe, realizada esta semana em Bilbau, Espanha.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI

(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso - iOS e Android - para descarregar as edições para leitura offline)

AdChoices
AdChoices

Mais de Expresso

image beaconimage beaconimage beacon