Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

NASA faz revelação

Este efeito é resultado do aquecimento global terrestre. Este efeito é resultado do aquecimento global terrestre que, de ano para ano, tem resultado em alterações climáticas cada vez mais frequentes e catastróficas para a população mundial, não poupando género ou etnia. Nesta animação facultada pela NASA verificamos que nos últimos 32 anos a calote polar ártica tem vindo a perder a sua densidade. Uma causa-efeito que provoca inevitavelmente a subida dos níveis marítimos bem como perturbações ambientais no ecossistema e fauna local e global. O vídeo comentado pelo cientista criosférico Walt Meier do Centro de Voos Espaciais Goddard da NASA, descreve o comportamento da formação gelada entre 1984 e 2016. Trata-se de registos captados por satélites geoestacionários que estudam o comportamento desta região. Walt Meier explica que a grande maioria do gelo presente no Ártico é resultante da formação sazonal, sendo este cenário um forte sinal da subida da temperatura global. A continuar este comportamento, a calote polar tenderá a desaparecer, com o sério risco de nos próximos anos apenas apresentar formação de gelo por muitos curtos períodos, com forte implicação no desequilíbrio planetário.
image beaconimage beaconimage beacon