Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Estado gasta milhões em peritos na prevenção de incêndios

O Estado vai gastar mais de três milhões de euros por ano só com as remunerações dos membros dos dois novos organismos públicos relacionados com a prevenção e combate aos incêndios. O programa Sexta às 9 investigou a composição e a missão desses dois organismos. O Observatório Técnico Independente é composto por dez peritos e está dependente da Assembleia da República. Já a Agência para a Gestão dos Fogos Rurais depende directamente do primeiro-ministro e vai integrar sessenta técnicos e peritos, que terão de pôr a funcionar um sistema que falhou em 2017.
image beaconimage beaconimage beacon