Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

O melhor do mundo automóvel está aqui

Após três semanas de subidas, gasóleo prepara-se para descer

Logótipo de ECO.PT ECO.PT 11/08/2017 Paulo Moutinho
Combustivel: © Fornecido por ECO - Economia Online © Swipe News, SA © Fornecido por ECO - Economia Online

Depois de semanas de aumentos, os preços dos combustíveis dão tréguas aos automobilistas. Na semana em que muitos portugueses gozam a ponte, os valores de venda nos postos de abastecimento nacionais têm margem para baixar, mas apenas no caso do gasóleo, o mais utilizado em Portugal.

Enquanto a gasolina deverá manter-se inalterada, no caso do diesel há margem para uma redução de meio cêntimo por litro, de acordo com os cálculos do ECO que têm por base as cotações da Bloomberg. Esta descida será a primeira após três semanas de aumentos nos preços de venda, podendo levar o valor médio de venda do gasóleo para cerca de 1,205 euros.

Ler Mais OPEP revê procura em alta. Petróleo passa dos 50 dólares

Esta descida traduz a queda de 0,9% das cotações da tonelada métrica do gasóleo nos mercados internacionais, para 410 euros, sendo que poderia até ter sido superior se o euro não tivesse desvalorizado contra a moeda norte-americana. Em dólares, a queda foi mais expressiva: 1,4%.

A desvalorização dos combustíveis nos mercados segue a descida dos preços do petróleo nos mercados internacionais, apesar do West Texas Intermediate (WTI) ter chegado a superar os 50 dólares em Nova Iorque. No acumulado da semana, no entanto, os preços registaram um ligeiro alívio, com o WTI já a negociar nos 48,80 dólares.

AdChoices
AdChoices

Mais de Eco.pt

image beaconimage beaconimage beacon