Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

O melhor do mundo automóvel está aqui

Grupo Renault vende 1,88 milhões de automóveis no primeiro semestre

Logótipo de Logistica e Transportes Hoje Logistica e Transportes Hoje há 3 dias anacosta
O Grupo Renault vendeu cerca de 1,88 milhões de automóveis nos primeiros seis meses do ano, um crescimento de 10,4% face ao período homólogo.: Grupo Renault vende 1,88 milhões de automóveis no primeiro semestre © Fornecido por: Logistica e Transportes Hoje Grupo Renault vende 1,88 milhões de automóveis no primeiro semestre

O Grupo Renault vendeu cerca de 1,88 milhões de automóveis nos primeiros seis meses do ano, um crescimento de 10,4% face ao período homólogo.

Numa nota enviada às redações, a empresa refere que “o Grupo, e em particular as marcas Renault e Dacia estabeleceram um novo recorde de vendas num semestre com, respetivamente, 1 879 288, 1 343 320 e 332 845 unidades vendidas. As vendas da Renault Samsung Motors cresceram 12,5% e as da Lada aumentaram 12,2 %.”

Thierry Koskas, membro do Comité Executivo e Diretor Comercial do Grupo Renault, explica que “estabelecemos um novo recorde, com mais de 1,88 milhões de automóveis vendidos num semestre. Quer os volumes, quer as quotas de mercado aumentaram em todas as marcas e em todas as regiões. A nossa estratégia de renovação da gama e de expansão geográfica continua a dar frutos.”

Na Europa, as vendas do Grupo Renault cresceram 5,6%, um crescimento superior ao do mercado (4,4%), com um total de 1 025 146 unidades vendidas no primeiro semestre. A marca Renault registou um crescimento de 4,3% e obteve uma quota de mercado de 8,2%. O Clio 4 foi o segundo modelo mais vendido na Europa e o Captur o líder do segmento.

De acordo com as previsões do Grupo Renault, em 2017, “o mercado mundial deverá registar um crescimento entre 1,5% e 2,5%”. No segundo semestre do ano, por sua vez, a empresa refere que “deverá continuar a tirar partido, na Europa, da gama renovada e, nos mercados internacionais, do dinamismo do Koleos na China, do Kaptur, Xray e Vesta na Rússia, QM6 e SM6 na Coreia do Sul e da nova gama SUV na América Latina. Neste contexto, o Grupo Renault confirma os objetivos comerciais para o ano de 2017, com a progressão das vendas e da quota de mercado na Europa e nos mercados Internacionais.”

AdChoices
AdChoices

Mais de Logistica e Transportes Hoje

image beaconimage beaconimage beacon