Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autos - Top Stories - O melhor do mundo automóvel está aqui

Compensa estar protegido na estrada e na vida?

Logótipo de ECO.PT ECO.PT há 4 dias ECO + Fidelidade
© Fornecido por ECO - Economia Online © Swipe News, SA © Fornecido por ECO - Economia Online

Em Portugal, a proteção do condutor continua a não ser obrigatória por lei, o que faz com que a grande maioria dos condutores esteja desprotegido. Mesmo nos casos em que existe um seguro facultativo, tradicionalmente este apresenta coberturas e capitais muito limitativos e insuficientes, na maior parte dos casos, para fazer face às responsabilidades e às necessidades de reabilitação dos acidentados.

Se considerarmos que os acidentes automóvel com vítimas, ocorridos no país, provocam um custo económico e social superior a 1,8 mil milhões de euros por ano, e que os condutores dos veículos representam uma elevada percentagem das vítimas, parece essencial a criação de soluções que possibilitem a quem circula nas estradas uma proteção adequada em caso de acidente. Sobretudo se as consequências forem graves.

Por esta razão, a Fidelidade criou, já em 2014, a cobertura Proteção Vital do Condutor, inserida no Seguro Automóvel, que permite aos condutores contar com uma proteção até 500 mil euros. Esta solução permite reforçar a proteção dos condutores, exista ou não um terceiro responsável pelo acidente, e acelerar a resposta da seguradora quando é mais necessário, ou seja, em caso de acidente grave.

A Proteção Vital do Condutor representa uma melhoria significativa relativamente às tradicionais coberturas de acidentes pessoais que protegem o condutor do veículo.

Com um capital seguro até 500.000€ e limites de indemnização até 100.000€ para despesas de tratamento, o condutor passa a beneficiar de níveis de proteção e serviço muito próximos aos dos restantes ocupantes do veículo. Em caso de um acidente com consequências graves, é-lhe disponibilizado todo o apoio necessário, desde o primeiro momento, estando ou não definidas as responsabilidades pelo acidente. Desde a articulação com hospitais e avaliação do melhor tratamento possível para a recuperação, até ao apoio na reabilitação e na reinserção social, o condutor é seguido por uma equipa especializada e dedicada.

Para além disso, em caso de morte ou incapacidade permanente absoluta, a Proteção Vital do Condutor prevê o pagamento de indemnizações por danos patrimoniais futuros, ajustados à idade, rendimento e agregado familiar, garantindo ao condutor e à família, a estabilidade financeira necessária para o futuro.

Com a cobertura Proteção Vital do Condutor, os condutores portugueses ficam protegidos e, por um pouco mais por mês ou por ano, compensa realmente poupar para tornar mais abrangente a proteção enquanto se circula nas estradas. Na verdade, é um compromisso que assumido com a proteção da própria vida, mas também com a dos que são próximos. Porque em caso de ocorrências com consequências graves, garante-se um apoio e acompanhamento abrangentes para que a vida não pare.

AdChoices
AdChoices

Mais de Eco.pt

image beaconimage beaconimage beacon