Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Medidor de massa de ar. Saiba para que serve e quais as avarias

Logótipo de Turbo.pt Turbo.pt 21/11/2020 Carlos Moura
© Fornecido por Turbo.pt

Um dos componentes que contribui para a mistura correta entre ar e combustível na câmara de combustão do motor é o caudalímetro ou medidor de massa de ar. Uma avaria neste componente provoca perda de rendimento, um aumento do consumo e um ralenti instável. Conheça as origens das avarias e como impedir que aconteçam.

O sistema de injeção eletrónica de um motor moderno, quer seja a gasolina, quer seja a gasóleo, necessita de conhecer, em tempo real, a quantidade de ar que entra na admissão.

O dispositivo que faz essa medição e envia a informação para a centralina é o medidor de massa de ar, também conhecido por caudalímetro ou sensor de massa de ar.

Com esta informação, a centralina ajusta os parâmetros relativamente à quantidade de combustível a injetar, o avanço da abertura dos injetores ou da válvula do EGR (recirculação dos gases de escape) para que a combustão se realize de uma forma correta.

Medidor de massa de ar está presente nos motores diesel e a gasolina © Fornecido por Turbo.pt Medidor de massa de ar está presente nos motores diesel e a gasolina

Nos motores a gasolina, o medidor de massa de ar é imprescíndivel para conseguir uma mistura estequiométrica e nos diesel para ajustar a abertura da válvula EGR.

O caudalímetro está localizado na admissão, logo depois do filtro de ar, para impedir que possa ser danificado por qualquer partícula do exterior ou sujidade. Apesar de, teoricamente, ser uma peça muito fiável, também é bastante frágil e delicada.

Caudalímetro por filamento quente

Até às décadas de ’80 e ’90, os caudalímetros eram do tipo mecânico, pois tinham uma espécie de mariposa que era empurrada pelo ar que entrava, estando o seu eixo ligado a um potenciómetro, cuja resistência elétrica variava em função da quantidade de ar que entrava.

O medidor de massa de ar ou caudalímetro está localizado logo depois do filtro de ar © Fornecido por Turbo.pt O medidor de massa de ar ou caudalímetro está localizado logo depois do filtro de ar

Não obstante a sua elevada volumetria, estes medidores de massa de ar tinham um problema quanto à fiabilidade dos valores, além de serem propensos a falharem com frequência devido às suas partes móveis.

LEIA TAMBÉM

Motores a gasolina obrigados a ter filtros de partículas

Para ultrapassar essa situação foi introduzido o caudalímetro por filamento quente, que dispõe de um termómetro para conhecer a temperatura do ar de admissão, mas o seu segredo consiste num fio condutor que a varia a sua resistência elétrica em função da temperatura a que se encontra o ar.

Esse valor depende diretamente do fluxo de massa de ar (se entrar mais ar do exterior, o filamento arrefece e vice-versa).

Na verdade, essas variações de resistência elétrica são muito pequenas, pelo que se recorre a uma ponte de Wheatstone, que mais não é do que uma construção constituída por quatro resistências elétricas e que permite detectar essas variações muito pequenas.

Causas de avaria

Existem vários indícios que sugerem uma eventual avaria no medidor de massa de ar: um consumo elevado, uma resposta lenta ou um ralenti instável. Estes são sintomas de que não chegar um valor correto de fluxo de massa de ar à centralina.

Além disso, um medidor de massa de ar avariado pode acender uma luz ou indicador no painel de instrumentos “Check Engine” ou “Service Engine Soon”-

LEIA TAMBÉM

Sabe quais os quatro filtros do automóvel que deve substituir regularmente?

Antes de resolver esses problemas num medidor de massa de ar defeituoso será recomendável verificar outros pontos, como, por exemplo, se não há uma abraçadeira frouxa ou um tubo de admissão rasgado por onde saia o ar. Nessas situações, a unidade de gestão eletrónica (ECU) acredita que entra mais ar no motor do que na realidade.

Outros problemas que podem provocar uma medição errada é sujidade no caudalímetro, sendo recomendável a sua limpeza com um produto específico em spray, nunca devendo ser usado um pano, nem se deve tão-pouco, soprar. Um conector solto também pode estar na origem de uma leitura errada.

Para limpar o medidor de massa de ar deve ser usado um produto em "spray" © Fornecido por Turbo.pt Para limpar o medidor de massa de ar deve ser usado um produto em "spray"

Após descartar todas as hipóteses anteriores é que se pode estar perante um medidor de passar de ar defeituoso, cuja única solução é a substituição por um novo. Normalmente, as operação de troca demora apenas alguns minutos, mas o maior custo relacionado com esta reparação consiste no diagnóstico da avaria. A peça, por sua vez, poderá custar entre 100 euros e 300 euros.

Como prevenir avarias no caudalímetro

Na teoria, como já dissemos, um medidor de massa de ar ou caudalímetro de filamento quente é um dispositivo que não deveria falhar porque não tem partes móveis e as resistências elétricas não estão submetidas a correntes que as possam queimar.

Por isso, as avarias principais são consequências dos hábitos dos condutores, quer seja por uma manipulação incorreta do caudalímetro que resulta na quebra de filamento frágil, quer seja devido a um filtro de ar pouco limpo, que deixa passar partículas do exterior que danificam o filamento condutor.

AdChoices
AdChoices

Mais de Turbo

image beaconimage beaconimage beacon