Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autos - Top Stories - O melhor do mundo automóvel está aqui

Mercedes obrigada a chamar 774 mil Diesel às oficinas

Logótipo de Turbo.pt Turbo.pt 12/06/2018 Miguel Policarpo
© Turbo

Como consequência das suspeitas de utilização de cinco novos dispositivos de fraude de emissões por parte da Daimler, a Mercedes foi obrigada a chamar 774 mil Diesel às oficinas por toda a Europa. As viaturas em causa estão equipadas com os motores Euro 6 e a ordem de recall da Mercedes tem efeitos imediatos na Alemanha.

O caso foi noticiado apenas ontem mas as consequências não tardaram em chegar. A entidade rodoviária germânica KBA terá alegadamente descoberto cinco dispositivos ilegais de desativação dos controlos de emissões nos motores Euro 6 da Daimler, avançando o Ministério dos Transportes Alemão com uma ordem de chamada às oficinas de 774 mil veículos da Mercedes na Europa. Equipados com os referidos motores, os modelos em questão são o Mercedes Classe C, o GLC e o Vito.

A KBA sublinha que o "o governo irá ordenar a um recall imediato de 238,000 veículos da Daimler na Alemanha" devido à utilização de dispositivos ilegais. A Daimler, recorde-se, é proprietária da Mercedes. Andreas Scheuer, Ministro dos Transportes alemão que se reuniu com Dieter Zietsche, CEO da Daimler, confirmou que o governo ordenou a uma chamada imediata dos automóveis. Já Zietsche assegurou que as comunicações entre a empresa e o governo têm sido "construtivas".

Leia também: Os truques dos fabricantes para as provas de emissões

AdChoices
AdChoices

Mais de Turbo

image beaconimage beaconimage beacon