Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autos - Top Stories - O melhor do mundo automóvel está aqui

Como evitar todos os sinais vermelhos (com vídeo)

Logótipo de Turbo.pt Turbo.pt 20/02/2019 Nuno Fatela
© Fornecido por Fluid do Interactive - Soluções Multimédia e Design, Lda

Após ter sido pioneira nos testes da tecnologia V2I, a Audi vai permitir, circulando à velocidade certa, que os condutores dos seus carros consigam evitar todos os sinais vermelhos

O para-arranca constante nos sinais é uma situação que leva condutores ao desespero. Para evitar isso, a Audi apresentou agora o GLOSA (Green Light Optimized Speed Advisory), que pode ser traduzido por algo como assistente de otimização de velocidade para as luzes verdes. Ou, dito de forma mais fácil, que é um sistema para evitar todos os sinais vermelhos ao seguir a uma velocidade constante. O sistema será introduzido numa primeira fase nos Estados Unidos, em alguns dos novos modelos da marca (A6, A7, A8 e Q8) e outros modelos desde 2017 que foram selecionados.

Como funciona o GLOSA? O segredo está na comunicação V2I (Vehicle to Infrastructure), em que o veículo troca informações com as infraestruturas rodoviárias, neste caso os sinais luminosos. Os dados obtidos são depois processados por um sistema que tem em conta o posicionamento da viatura e a temporização para a mudança de cor dos semáforos. É a partir daqui que surge a indicação ao condutor sobre qual a velocidade mais acertada para seguir de forma a evitar todos os sinais vermelhos.

Este sistema está inicialmente disponível para 4700 cruzamentos em mais de uma dúzia de metrópoles americanas. Entre estas está Las Vegas, o local onde a Audi foi pioneira na comunicação VSI no final de 2016. Tendo em conta que o fluxo do trânsito tem um enorme impacto na formação de engarrafamentos, este sistema pode ser importante para reduzir este problema, prejudicial tanto para a paciência dos condutores como para o ambiente. Recordamos que ficam nos Estados Unidos algumas das cidades mais congestionadas do mundo em em 2018...

 

Fonte: CarScoops

AdChoices
AdChoices

Mais de Turbo

image beaconimage beaconimage beacon