Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autos - Top Stories - O melhor do mundo automóvel está aqui

Placa da asa traseira do Lotus 97T que Senna conduziu em 1985 à venda

Logótipo de Jornal dos Clássicos Jornal dos Clássicos 20/03/2019 Tatiana Ferreira
© Fornecido por Fluid do Interactive - Soluções Multimédia e Design, Lda

A temporada de 1985 seria uma das mais memoráveis da era dos, agora universais, automóveis com motores turboalimentados de 1.5 litros, produzindo os mais altos níveis de potência da história da Fórmula 1  - com um motor de qualificação especialmente preparado pela Renault que debitava 1.150 hp.

 

Ayrton Senna chegou à equipa da Lotus pelas mãos de Peter Warr, para substituir Nigel Mansell. Warr, chefe da equipa de F1 da Lotus, proferiu a famosa frase em relação ao piloto britânico "never win a Grand Prix as long as I have a hole in my arse". Mansel trocou-lhe as voltas, vencendo dois GP em 1985, e iria vencer 31 corridas na F1 e o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 em 1992.

 

Contratar Senna era a prova de que, embora Warr estivesse enganado em relação a Mansell, ele tinha um bom olho para o talento. Senna tornar-se-ia um dos pilotos mais amados da história do desporto, em 1985 Ayrton conseguiu sua primeira vitória no Grande Prémio de Portugal e sua segunda vitória no Grande Prémio da Bélgica. No final da temporada Senna tinha seis pódios e terminou em quarto na classificação.

 

O Lotus 97T foi projectado pelo engenheiro francês Gérard Ducarouge e alimentado pelo motor turboalimentado Renault Gordini EF15B, um V6 a 90° de 1.5 litros, com um peso de 540 kg e que conquistou três vitórias, nove pódios, oito poles position e três voltas mais rápidas.

 

Esta é a placa do lado direito da asa traseira do automóvel de Senna e exibe as agora lendárias cores John Player Special e logótipo da Goodyear - o fornecedor de pneus da equipa em 1985. A placa é apresentada numa moldura com vidro de protecção e é oferecida pela Memento Exclusive pelo preço de 11.697 euros.

 

[smartslider3 slider=676]

AdChoices
AdChoices

Mais do Jornal dos Classicos

Jornal dos Clássicos
Jornal dos Clássicos
image beaconimage beaconimage beacon