Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Álvaro Sobrinho disse o que não devia e o Banco Central de Angola respondeu

O governador do banco central de Angola garante que o processo que levou à falência do antigo Banco Espírito Santo Angola foi absolutamente transparente. José de Lima Massano justifica a decisão como forma de salvaguardar o sistema financeiro do país, reagindo às declarações de Álvaro Sobrinho que considerou a falência do banco uma decisão política.
image beaconimage beaconimage beacon