Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Igreja Católica investiga freiras que engravidaram numa missão em África

Logótipo de SIC Notícias SIC Notícias há 4 dias SIC Notícias

As freiras estavam numa missão de caridade.

© Yannis Behrakis

A Igreja Católica abriu uma investigação depois de saber que duas freiras missionárias engravidaram - apesar dos votos de castidade -, enquanto estavam numa missão de caridade, em África.

As duas mulheres, que supostamente pertencem a ordens religiosas na Sicília, em Itália, estão a ser pressionadas a deixar a Igreja, depois de tornar-se público que estavam grávidas.

Uma das freiras, uma madre superior, só percebeu que estava grávida quando foi ao hospital devido a dores de estômago, segundo a agência de notícias italiana ANSA.

Acredita-se que ambas as freiras sejam originárias de África e foram para lá com o objetivo de desempenharem uma missão de caridade.

De acordo com o The Sun, uma fonte da Igreja em Roma afirmou:

"Parece que as duas mulheres estavam de volta aos países de origem e, obviamente, tiveram algum tipo de encontro sexual."

"Foi iniciada uma investigação. Ambas violaram regras estritas de castidade, mas o bem-estar dos seus filhos é superior."

No início deste ano, o Papa Francisco admitiu que muitas freiras tinham sido abusadas sexualmente, descrevendo a situação como um "problema grave".

Acredita-se que ambas as freiras tenham voltado a Itália para se prepararem para o nascimento dos filhos.

AdChoices
AdChoices

Mais de SIC Notícias

image beaconimage beaconimage beacon