Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Colisão nos céus da Alemanha

Escapou com vida mas o outro piloto dos aviões militares que colidiram nos céus da Alemanha morreu. O aviador resgatado do topo de uma árvore está bem e a receber assistência no hospital. O outro foi encontrado sem vida no solo. Um terceiro piloto que participava na missão disse que os paraquedas funcionaram. As autoridades alemãs não adiantaram as circunstâncias da colisão em pleno voo, referiram apenas que os Eurofighters estavam "numa missão de treino de combate". "É um dia difícil para as forças armadas e para a força aérea. Perdemos um soldado num acidente aéreo e os nossos pensamentos estão com a família e os camaradas dele", declarou Ursula Von Der Leyen, ministra da Defesa da Alemanha. Os destroços dos aviões caíram nas proximidades do lago Muritz, no land de Mecklembourg, na Pomerânia Ocidental. Os aparelhos pertenciam ao 73° esquadrão baseado em Laage, perto de Rostock, que participa na formação dos pilotos. O Eurofighter é um avião de caça, birreator, construído numa parceria entre a Alemanha, o Reino Unido, a Itália e a Espanha, que começou a voar em 2004.
image beaconimage beaconimage beacon