Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Europeias: República Checa e Irlanda elegem deputados

A República Checa e a Irlanda foram esta sexta-feira às urnas para eleger os seus deputados para o Parlamento Europeu, depois do processo eleitoral ter sido iniciado no dia anterior, no Reino Unido e na Holanda. No leste europeu, o partido centrista liderado pelo primeiro-ministro checo, Andrej Babis, espera vencer o escrutínio, apesar das acusações de fraude, relacionadas com fundos da União Europeia, que surgiram durante a campanha. Para Babis, a adesão ao bloco europeu, em 2004, foi benéfico para o país. "Aderimos à União Europeia há 15 anos e é, claramente, um projeto bem-sucedido. Temos paz na Europa mas, evidentemente, nesses 15 anos, temos as nossas opiniões. Opiniões positivas no sentido de que a União tem de se reformar, tem de mudar". Durante a campanha eleitoral, na Irlanda, o primeiro-ministro, Leo Varadkar, e os líderes dos principais partidos tentaram reforçar o papel da União Europeia tentando minimizar as consequências da eventual saída do Reino Unido. No sábado é a vez da Eslováquia, Letónia e Malta Irem a votos. Portugal e os restantes Estados-membros elegem os seus deputados para o Parlamento Europeu no domingo.
image beaconimage beaconimage beacon