Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Novo governo de Madrid põe fim a zona de baixas emissões poluentes

A zona de baixas emissões poluentes do centro da capital espanhola, designada Madrid Central, tem os dias contados. O novo governo municipal de centro-direita prepara-se para desmantelar o projeto estrela da anterior presidente da Câmara de esquerda. O conservador José Luis Martínez-Almeida, que substitui Manuela Carmena no passado sábado no cargo, classificou o projeto de um "fracasso" e decidiu impôr uma moratória enquanto se define um plano alternativo. Em vigor desde 30 de novembro, Madrid Central restringia o tráfico automóvel aos residentes, veículos sem emissões poluentes e ambulâncias e viaturas municipais, num quadro de medidas semelhantes às adoptadas num número crescente de grandes cidades europeias. A sua entrada em vigor tinha evitado que a União Europeia impusesse à Espanha uma multa milionária devidos aos altos níveis de poluição na capital. Resta agora saber qual será a alternativa apresentada pelo novo executivo municipal.
image beaconimage beaconimage beacon