Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Von der Leyen tenta conquistar eurodeputados

Esta terça-feira, Ursula von der Leyen vai tentar obter o apoio do Parlamento Europeu para ser eleita presidente da Comissão Europeia. A até agora ministra alemã da Defesa precisa de obter pelo menos 374 votos favoráveis, a maioria absoluta. Se os socialistas e os liberais votarem a favor, juntamente com o Partido Popula Europeu (PPE), Ursula von der Leyen deve ser aprovada. Os socialistas alemães anunciaram que vão votar contra. No Twitter, a alemã já garantiu que, independentemente do resultado da votação de terça-feira, um dia depois, pedirá a demissão do cargo de ministra da Defesa. O primeiro-ministro português manifestou, no Twitter, o seu apoio à candidata do PPE à presidência da Comissão Europeia. António Costa congratulou-se com os compromissos assumidos pela alemã, nomeadamente o aprofundamento da união monetária e os objetivos da neutralidade carbónica.
image beaconimage beaconimage beacon