Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Xavier Dolan regressa a Cannes para a Palma d'Ouro

Xavier Dolan regressa a Cannes. Aos 30 anos, o realizador canadiano está de volta ao festival de cinema, onde se estreou em 2009, para mais uma vez disputar a Palma d'Ouro. Na mala traz 'Matthias et Maxime', uma história que, para o realizador, é muito mais sobre amor do que sexualidade. "Para mim, isto não é um filme gay, é um filme sobre a vida. Nunca falamos de filmes heterossexuais. Não acho que seja uma história sobre homossexualidade ou amor gay, nem acho que os dois protagonistas do filme estejam conscientes disso. É amor", afirmou o realizador, em conferência de imprensa. Na nova longa-metragem, o realizador é também um dos protagonistas. Um jovem adulto no meio de uma relação de amizade que muda quando um beijo é trocado com o amigo de infância. Xavier Dolan já conhece os cantos à casa. Nos últimos 10 anos, seis dos oito filmes que realizou passaram em Cannes. Este ano, concorre pela Palma d'Ouro ao lado de nomes consagrados como Pedro Almodovar e Quentin Tarantino.
image beaconimage beaconimage beacon