Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Luanda Leaks: como Cabo Verde se transformou num paraíso fiscal para Isabel dos Santos

Logótipo de Expresso Expresso 24/01/2020 Texto Margot Gibbs / Tradução Joana Henriques

A investigação mostra como Isabel dos Santos, a filha multimilionária do antigo Presidente angolano, usou o seu próprio banco no turístico arquipélago para desviar milhões de dólares em pagamentos de empreiteiros chineses e europeus que trabalharam em projetos de construção no país do seu pai

© Ana Maria Baião Correia

A investigação, conhecida como Luanda Leaks trouxe para a luz do dia, uma série de documentos secretos com detalhes sobre as finanças da mulher mais rica de África.

E suscitou uma série de questões cujo levantamento ainda está por fazer. É o caso do papel das ensolaradas ilhas de Cabo Verde na construção do seu controverso império empresarial por todo o mundo.

A investigação mostra como Isabel dos Santos, a filha multimilionária do antigo Presidente angolano, usou o seu próprio banco no turístico arquipélago para desviar milhões de dólares em pagamentos de empreiteiros chineses e europeus que trabalharam em projetos de construção no país do seu pai.

Os pagamentos feitos através do ambiente pouco regulado de Cabo Verde — um arquipélago lusófono na costa ocidental de África — foram feitos ao mesmo tempo que o escrutínio aos seus negócios aumentou no alargado sistema bancário internacional.

Isabel dos Santos, uma “pessoa exposta politicamente” (PEP) na terminologia do branqueamento de capitais, comprou o banco em 2013. Foi no mesmo ano que os reguladores de Cabo Verde aparentemente renunciaram às suas leis de propriedade e lhe deram uma licença bancária.

Os especialistas afirmam que estas descobertas mostram a necessidade de uma reforma nos padrões globais em relação às PEP e a possibilidade de serem donos de um banco.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler. Para aceder a todos os conteúdos exclusivos do site do Expresso também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Caso ainda não seja assinante, veja aqui as opções e os preços. Assim terá acesso a todos os nossos artigos.


Veja também: Irmã pede a Isabel dos Santos que devolva 75 milhões a Angola (SIC Notícias)

A SEGUIR
A SEGUIR

Descarregue aqui a app Microsoft Notícias e esteja sempre a par do que se passa no país e no mundo a partir das fontes mais credíveis

AdChoices
AdChoices

Mais do Expresso

image beaconimage beaconimage beacon