Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Explosão em Lyon: suspeito de bicicleta continua a monte

O suposto autor do atentado à bomba em Lyon, que provocou 13 feridos na tarde de sexta-feira, continua a ser procurado pelas autoridades francesas, que não privilegiam nenhuma pista quanto ao seu perfil ou motivações. A unidade antiterrorismo abriu uma investigação. Um indivíduo é suspeito de ter colocado um saco explosivo contendo parafusos e pregos numa rua pedonal de Lyon, perto da icónica Place Bellecour. A polícia lançou um apelo a testemunhas e difundiu a fotografia do suspeito, capturada por uma câmara de videovigilância. Sexta à noite, o ministro do Interior, Christophe Castaner, e o procurador de Paris, Rémy Heitz, visitaram brevemente o local da explosão sem prestar declarações à imprensa. A explosão provocou 13 feridos ligeiros - nove mulheres, quatro homens e uma criança de dez anos.
image beaconimage beaconimage beacon