Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ho Iat Seng é o novo líder de Macau

Ho Iat Seng é o novo líder de Macau O antigo presidente da Assembleia Legislativa de Macau Ho Iat Seng foi eleito, este domingo, líder do Governo do território. Ho Iat Seng foi o único candidato ao cargo, após ter recebido o aval de Pequim, foi eleito com 392 votos a favor, sete em branco e um nulo de uma comissão eleitoral composta por 400 membros, representativos dos quatro setores da sociedade. Seng tomará posse no dia 20 de dezembro e substitui Fernando Chui Sai On, há uma década no cargo. O novo chefe do Governo de Macau promete promover os princípios de "um país, dois sistemas": "Não pouparei esforços para promover os princípios: 'um país, dois sistemas', 'Macau governando Macau' e 'um elevado grau de autonomia', também para desempenhar com firmeza as minhas funções e a governação em estrita conformidade com a Constituição e a Lei Básica". A escolha tranquila do novo líder do Executivo de Macau, e o cenário de estabilidade do território, contrasta com a crise em Hong Kong. A campanha eleitoral em Macau teve como pano de fundo os acontecimentos na antiga colónia britânica, que vive a maior crise política e social das últimas cinco décadas. Nas ruas, os macaenses mostram-se satisfeitos com o sistema eleitoral vigente. "Já se passaram 20 anos desde a transferência de soberania, nós aceitamos este método, mas se há uma maneira de mais pessoas participarem no processo eleitoral, é claro que seria melhor", diz uma residente de Macau. Quanto ao futuro da Região Administrativa Especial de Macau, Ho Iat Seng manifestou receios de que a crise em Hong Kong possa atingir a principal atividade económica do território, o jogo. O novo Executivo tem como objetivo diversificar a economia de Macau. Quanto a Portugal, Ho Iat Seng sublinhou que a relação com Lisboa continua a ser uma aposta.
image beaconimage beaconimage beacon