Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Uma ativista muito determinada conversa com o Papa

Greta Thunberg, que transformou a sua greve na escola num movimento internacional para exigir medidas governamentais contra a mudança climática, esteve na audiência geral realizada na Praça de São Pedro. Thunberg visita também Roma, onde participará numa manifestação associada à sua iniciativa "sexta-feira para o futuro". A manifestação estudantil na Piazza del Popolo, em Roma. No final, como de costume, Francisco foi à zona da Praça de São Pedro, onde dezenas de pessoas costumam recebê-lo. Esta quarta-feira, Greta esteve também presente, acompanhada pelo seu pai, Svante Thunberg. Um porta-voz apresentou a ativista ao Papa, com quem trocou algumas palavras e a quem mostrou uma pequena placa com a mensagem: "Junte-se à greve climática". No breve encontro o Papa ouviu a jovem sobre a sua iniciativa e, em seguida, encorajou-a com um: "Vá em frente" e "Deus te abençoe". O Papa Francisco tem alertado para a necessidade de defesa do meio ambiente. A encíclica "Laudato si" tornou-se, para muitos, num verdadeiro manifesto ambientalista. Greta Thunberg chegou a Roma depois de ter instado o comité ambiental do Parlamento Europeu a tomar medidas imediatas contra este problema afirmando aos deputados que o futuro do planeta está nas suas mãos. A jovem será recebida na quinta-feira pela presidente do Senado italiano, Maria Elisabetta Alberti Casellati.
image beaconimage beaconimage beacon