Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Dinheiro era para despesas dos filhos em Paris, garante Sócrates

Logótipo de Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto 02/11/2017 Anabela de Sousa Dantas
Os advogados de José Sócrates enviaram um comunicado às redações para responder às alegações avançadas de que o ex-primeiro-ministro teria dado 110 mil euros à ex-mulher para pagar as prestações de um monte no Alentejo.: Dinheiro era para despesas dos filhos em Paris, garante Sócrates © Reuters Dinheiro era para despesas dos filhos em Paris, garante Sócrates

João Araújo e Pedro Delille, advogados de José Sócrates, emitiram um comunicado onde dizem ser falsa a notícia de que o seu cliente terá enviado 110 mil euros à ex-mulher, Sofia Fava, para pagar as prestações de um monte no Alentejo que pertencerá, na realidade, a Sócrates.

“Essa notícia é falsa e maliciosa – falsa, porque não corresponde à verdade; maliciosa, porque, pela falsidade, tenta fazer crer que o dito monte lhe pertence na realidade a ele, contrariando tudo o que consta dos autos, que mostram ser ele alheio à compra do referido imóvel”, lê-se no documento.

Os causídicos passam, então, a explicar que o dinheiro foi transferido, “com evidente transparência”, enquanto o seu cliente esteve preso em Évora para “solver despesas ocasionadas pela estadia em Paris dos seus Filhos e, ainda, a acorrer, na parte que lhe corresponde, aos alimentos deles, tendo em atenção possível as contingências associadas à sua situação processual, de todos conhecidas”.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017. Descarregue a nossa App gratuita para iPhone, iPad e Android

iOS e Android

AdChoices
AdChoices

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon