Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

O futebol não é para magistrados

Logótipo de Expresso Expresso 11/09/2018 Ricardo Costa

Desde os anos 90 que esta questão se coloca: podem ou não os magistrados integrar os órgãos sociais de clubes? Na altura em que esta pergunta começou a ser feita era absolutamente comum ver juízes em cargos de primeira ordem de clubes. A paixão pelo clube e os direitos individuais passavam à frente de tudo o resto. Quando o “resto” eram problemas jurídicos, administrativos ou fiscais dos clubes – e esses problemas eram imensos – encolhia-se os ombros e seguia-se em frente porque as coisas eram mesmo assim, a Constituição falava mais alto e um clube do coração, bem, era isso mesmo, um clube do coração.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI

(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido

AdChoices
AdChoices

Mais de Expresso

image beaconimage beaconimage beacon