Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Operações de busca continuam na Polónia

As buscas prosseguem a contra-relógio para localizar dois espeleólogos presos numa gruta profunda na Polónia. Os espeleólogos foram apanhados por uma subida repentina do nível de águas. Desde sábado que várias equipas de socorro se revezam nas operações de busca. Os progressos contudo têm sido lentos. "Tenho informações de que os socorristas conseguiram avançar 5 metros. Chegaram a uma parte em que é possível estar de pé. Sabemos que estamos próximos de água. Não sabemos o que se encontra do outro lado. Esperamos que dentro de 24 a 36 horas tenhamos conseguido alargar o corredor", afirmou esta terça-feira o chefe dos socorristas voluntários envolvidos na operação, Jan Krzysztof. A gruta encontra-se nas montanhas Tatra que se situam próximo à fronteira com a Eslováquia. As equipas de socorro recorreram a pequenos explosivos a fim de abrirem caminho.
image beaconimage beaconimage beacon