Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

António Costa anuncia construção de variante alternativa à EN14

Logótipo de Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto 19/05/2017 Lusa
O primeiro-ministro, António Costa, anunciou hoje a construção da variante alternativa à Estrada Nacional 14 (EN14), artéria que atravessa os concelhos da Maia, Trofa e Vila Nova de Famalicão, uma reivindicação de mais de 20 anos.: António Costa anuncia construção de variante alternativa à EN14 © Reuters António Costa anuncia construção de variante alternativa à EN14

"O senhor ministro do Planeamento e das Infraestruturas já assumiu a decisão de construir a variante à EN14, neste primeiro troço, que servirá o Concelho da Maia até à Via Diagonal e ao Nó da Carriça, é uma decisão que está tomada e é uma decisão que irá ser implementada", afirmou durante a inauguração do Complexo Desportivo do Instituto Superior da Maia (ISMAI).

O chefe do Governo revelou que dado os fundos estruturais terem desconsiderado o investimento das vias rodoviárias, a obra irá ser feita com "recursos nacionais", correspondendo assim às necessidades das populações.

Este anúncio por parte de António Costa é um motivo de "grande alegria" para o presidente da Câmara da Maia, o social-democrata Bragança Fernandes, que classificou o dia de "histórico".

"Esta é uma grande notícia. A Maia é o primeiro exportador da Área Metropolitana do Porto, o segundo da zona Norte do país e o quarto a nível nacional", afirmou.

O autarca lembrou que o concelho tem "muita, muita, muita" exportação e as acessibilidades ao Porto de Leixões e ao aeroporto, através da EN14, são "péssimas".

Bragança Fernandes, que abandona a liderança de 15 anos da autarquia em outubro, após as eleições, espera que as obras começam ainda antes disso.

"Espero que as obras ainda arranquem comigo. Pelo que me disse o primeiro-ministro o concurso público está pronto a ser lançado, assim espero que ele cumpra o que disse e lance a empreitada o mais rapidamente possível", reforçou.

Esta obra não é só boa para a Maia, mas para as pessoas, para os empregadores e para os exportadores que precisam de chegar rapidamente ao Porto de Leixões e ao aeroporto.

"Nós temos bons acesso do centro da Maia a esses locais, nomeadamente Porto de Leixões e aeroporto, mas para quem vem de Famalicão e passa pela Trofa esse acesso é péssimo", vincou.

A EN14 é a via de acessos a várias zonas industriais onde existem empresas com forte vocação exportadora.

A estrada é atravessada diariamente por cerca de 30 mil veículos, nomeadamente pesados, sendo um dos principais problemas os estrangulamentos.

AdChoices
AdChoices

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon