Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Polícia holandesa não descarta motivações terroristas

As autoridades holandesas estão a investigar a fundo os motivos por detrás do ataque de segunda-feira na cidade de Utreque. O anúncio coincidiu com a visita do primeiro-ministro Mark Rutte ao local do ataque, acompanhado do ministro da Justiça e Segurança. De acordo com as autoridades, a existência de motivações terroristas não está excluída. Em causa, estão objetos, incluindo uma carta, encontrada na viatura de fuga do suspeito. A polícia está a investigar Gokman Tanis, um indivíduo de 37 anos de idade de origem turca, detido na segunda-feira após uma perseguição de sete horas. A polícia revelou que Tanis tem cadastro e aguarda julgamento devido a acusações de violação, entre outros delitos. Para além do suspeito, dois outros indivíduos estariam ainda sob investigação por envolvimento no ataque de segunda-feira que resultou em três mortos e sete feridos, três destes com gravidade.
image beaconimage beaconimage beacon