Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rui Rio: "Há todas as condições para um governo de maioria" na Madeira

O líder do PSD começou por saudar os dirigentes do PSD da Madeira, em particular Miguel Albuquerque. Rui Rio quis ainda assinalar "o legado extraordinário" de Alberto João Jardim. "Ouvi muito recentemente o presidente do Partido Socialista, Carlos César, dizer que já lhe cheirava a vitória do PS na Madeira. Espero que relativamente às eleições de 6 de outubro lhe esteja a cheirar exatamente à mesma coisa", ironizou Rio. "O resultado do voto útil ditou o desaparecimento do Bloco de Esquerda, uma brutal queda do Partido Comunista e a derrota do Partido Socialista", avaliou seguidamente o presidente do PSD. Rui Rio disse ter informações de que "há todas as condições para que se forme um governo de maioria" na Madeira resultante de "negociações com o CDS". "Não podíamos esperar que, ao fim de quase meio século, o PSD tivesse sistematicamente maiorias absolutas", assinalou. Também questionado sobre o eventual impacto das eleições madeirenses nas legislativas de outubro, Rui Rio sublinhou que "cada eleição é uma eleição".
image beaconimage beaconimage beacon