Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Insulto a Ronaldo mais incómodo que insulto a milhões de homossexuais"

Logótipo de Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto há 4 dias Inês André de Figueiredo
O jornalista e ex-bloquista Daniel Oliveira destacou a idade de Gentil Martins para comentar as suas declarações sobre homossexualidade e barrigas de aluguer.: "Insulto a Ronaldo mais incómodo que insulto a milhões de homossexuais" © Global Imagens "Insulto a Ronaldo mais incómodo que insulto a milhões de homossexuais"

O jornalista e ex-bloquista Daniel Oliveira destacou a idade de Gentil Martins para comentar as suas declarações sobre homossexualidade e barrigas de aluguer.

Daniel Oliveira expressou a sua opinião sobre as mais recentes declarações polémicas de Gentil Martins, que categorizou a homossexualidade como uma “anomalia”, numa entrevista ao semanário Expresso.

Frisando que as afirmações não lhe merecem “partilhas ou indignações” e que “não se trata de menorizar quem tenha 87 anos”, o ex-bloquista garante que em causa está “compreender que há passos que a humanidade dá que outras gerações podem ter dificuldade em acompanhar”.

“E trata-se de me custar crucificar na praça pública alguém que se aproxima dos noventa anos”, acrescenta na sua página de Facebook.

Daniel Oliveira realça que “a posição de Gentil Martins é inaceitável, sobretudo quando um médico dá mais do que uma opinião pessoal e atribui a uma orientação sexual o estatuto de patologia”.

“Para mim, basta dizer isto. Tudo o resto me parece, mesmo que compreensível e até legítimo, um pouco desumano. Não deixo é de notar que o insulto a Cristiano Ronaldo mereceu mais incómodo que o insulto a milhões de homossexuais. Isso sim é revelador de alguma coisa”, criticou ainda o jornalista.

O melhor do MSN em qualquer dispositivo


Errou e em desespero tentou parar o avião com as mãos

A SEGUIR
A SEGUIR

AdChoices
AdChoices

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon