Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Israel bombardeia Gaza em resposta a "rocket"

O Exército israelita lançou uma campanha de bombardeamentos sobre a Faixa de Gaza, em represália contra o disparo de um "rocket" que fez sete feridos na noite de domingo para segunda-feira a norte de Telavive. Este novo recrudescimento das tensões no conflito israelo-palestiniano levou o secretário-geral da ONU, António Guterres, a exprimir "grande preocupação" e apelar a todos os envolvidos que exerçam um máximo de contenção. Israel acusou o Hamas de estar por trás do disparo do "rocket", afirmando que veio de uma posição ocupada por combatentes do movimento palestiniano no sul da Faixa de Gaza. O Hamas negou qualquer responsabilidade no lançamento do projétil. O Exército hebraico anunciou o fecho dos pontos de passagem entre o território israelita e o enclave palestiniano, reforçando posições militares e bloqueando também as estradas à volta de Gaza.
image beaconimage beaconimage beacon