Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Legislação laboral. Arménio Carlos pede intervenção de Belém

"Expectável mas lamentável". Foi assim que o secretário-geral da CGTP resumiu a aprovação, no Parlamento, das alterações à legislação laboral. "O que nós tivemos aqui foi um atentado aos direitos dos trabalhadores", afirmou o dirigente sindical, ouvido pela reportagem da RTP em São Bento. "Em primeiro lugar, o que nós vamos reclamar é que o senhor Presidente da República assuma as suas responsabilidades enquanto alto magistrado da nação e faça cumprir a Constituição. Esta proposta de lei é claramente inconstitucional", prosseguiu Arménio Carlos. O secretário-geral da CGTP, que descreveu o protesto nas galerias do Parlamento como um "ato de cidadania", prometeu manter viva a contestação.
image beaconimage beaconimage beacon