Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Trump espera progressos com a Coreia do Norte

O otimismo moderado reina na Casa Branca. Depois de agendar uma segunda cimeira com Kim Jong-un, Donald Trump tem uma boa perspetiva do futuro da relação entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte. Ainda este mês, o presidente norte-americano recorreu ao Twitter para afirmar que "a Coreia do Norte, sob a liderança de Kim Jong-un, tornar-se-á numa grande potência económica". No entanto, admite ainda haver questões por resolver. "As sanções estão em vigor, como vocês sabem. Eu não suspendi as sanções. Adoraria poder fazê-lo, mas para isso temos de ver qualquer esforço significativo do outro lado. Mas o Presidente Kim e eu temos um relacionamento muito bom. Não ficaria surpreendido se fizéssemos algum progresso", afirmou Trump. O primeiro encontro entre os dois líderes aconteceu em junho. No final, assinaram uma declaração onde, de forma vaga, se comprometeram a desnuclearizar a península da Coreia. Mas até ao momento, não são conhecidos quaisquer avanços a este nível. A próxima reunião entre Trump e Kim Jong-un está marcada para 27 e 28 de fevereiro, em Hanoi, no Vietname.
image beaconimage beaconimage beacon