Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Notícias de Ciência e Tecnologia

Google pretende libertar milhões de mosquitos infetados nos EUA

Logótipo de Exame InformáticaExame Informática há 5 dias Exame Informática

A Verily tem um plano invulgar para combater a potencial chegada do vírus Zika na zona de Fresno, na Califórnia. Há registo de uma mulher ter contraído o Zika após um contacto sexual com um homem que teria viajado recentemente. Agora, para combater uma potencial infeção através de mosquitos, a Verily pretende lançar milhões de mosquitos infetados.

O Debug Project prevê o lançamento semanal de um milhão de mosquitos macho infetados com a bactéria Wolbachia que é inofensiva para humanos, mas que torna os ovos das fêmeas infertéis. Este plano fará com que rapidamente os mosquitos desapareçam da zona, afastando também o receio de infeção do Zika, noticia o Tech Crunch.

Google pretende libertar milhões de mosquitos infetados nos EUA © Mario Tama/Getty Images Google pretende libertar milhões de mosquitos infetados nos EUA

Como bónus, os mosquitos macho não mordem os humanos, pelo que é menos uma preocupação para os residentes.

Há planos para ter uma iniciativa semelhante na Austrália, mas ainda não se sabe quanto é que um programa destes custa.

AdChoices
AdChoices

Mais do Exame Informática

image beaconimage beaconimage beacon