Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Angela Merkel diz ter saúde para cumprir mandato

Angela Merkel criticou, esta sexta-feira, os comentários racistas que o presidente norte-americano, Donald Trump, fez contra congressistas do Partido Democrata. A chanceler alemã disse estar solidária com elas. Na tradicional conferência de imprensa de verão, em Berlim, e antes de ir de férias, Angela Merkel reafirmou que está bem de saúde, depois de ter tido três crises de tremores em eventos públicos.A chanceler garantiu estar em condições de saúde para completar o seu mandato até ao fim. "Em 2021, vou sair da política. Mas depois espero que haja outra vida e gostaria de continuar, assim, de uma forma saudável". Angela Merkel afirmou, ainda, apoiar Ursula von der Leyen, recém-eleita presidente da Comissão Europeia. A chanceler disse estar de acordo com o plano para corrigir erros de construção nas regras de Dublin relativas aos procedimentos de asilo na União Europeia e enalteceu a decisão dos eurodeputados. "Estou muito satisfeita por ter sido possível evitar conflitos entre as instituições, porque a Europa tem de ser capaz de agir" , referiu a chanceler germânica. "Angela Merkel apoiou a conservadora Ursula von der Leyen com palavras claras. Apesar de muitas críticas, foi recentemente eleita como a primeira mulher para liderar a Comissão Europeia. Merkel defendeu as declarações de von der Leyen sobre as negociações do Brexit. Repetiu que os britânicos deveriam obter uma prorrogação, se assim o quisessem. No entanto, rejeitou a renegociação do acordo do Brexit" relatou a jornalista da euronews Jessica Saltz.
image beaconimage beaconimage beacon