Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Covid-19. A situação ao minuto do novo coronavírus no país e no mundo

Logótipo de RTP RTP 08/04/2021 RTP
Acompanhamos aqui todos os desenvolvimentos sobre a propagação do SARS-CoV-2 à escala internacional. © Neil Hall - EPA Acompanhamos aqui todos os desenvolvimentos sobre a propagação do SARS-CoV-2 à escala internacional.
VEJA A INFOGRAFIA COM TODOS OS DADOS ATUALIZADOS DA SITUAÇÃO EM PORTUGAL. CLIQUE AQUI
VEJA A INFOGRAFIA COM TODOS OS DADOS ATUALIZADOS DA SITUAÇÃO NO MUNDO. CLIQUE AQUI
10h44 - Austrália recomenda que pessoas com menos de 50 anos recebam a vacina da Pfizer...mas podem receber a da AstraZeneca. Decisão é de cada indivíduo, diz primeiro-ministro australiano.

10h43 - Torneio de Roland Garros adiado uma semana para permitir mais público

O torneio de Roland Garros vai ser adiado por uma semana, decorrendo entre 30 de maio a 13 de junho, para permitir a presença do maior número possível de espetadores, anunciou hoje a Federação Francesa de Ténis (FFT).

10h15 - Hungria espera ter mais de 4 milhões de pessoas vacinadas até ao final do mês

09h45 - Timor-Leste registou 98 novos casos nos últimos dois dias

As autoridades timorenses registaram nos últimos dois dias 98 novas infeções com o SARS-CoV-2, das quais 31 fora de Díli, com casos ativos agora em vários pontos do país.

09h35 - Polónia regista número recorde de vítimas mortais - 954

09h21 - Rússia com mais 8.294 casos e 374 vítimas mortais

09h20 - Quem são os donos da AstraZeneca? Saiba aqui

08h45 - Grutas de Mira de Aire reabriram ao público após "pior ano de sempre"

As Grutas de Mira de Aire, uma das "7 Maravilhas Naturais de Portugal", reabriram ao público na terça-feira, após o "pior ano de sempre" na sequência da pandemia de covid-19, disse à agência Lusa o administrador.

08h34 - AstraZeneca. Agência Europeia do Medicamento admite ligação entre vacina e casos de coagulação
O virologista Paulo Paixão, foi convidado do Bom Dia Portugal, e ajudou a esclarecer o que os números realmente indicam.###1310654###
08h33 - Vários países europeus mudaram estratégia de vacinação com AstraZeneca###1310648###
08h32 - Dezenas de personalidades assinam manifesto a favor das vacinas contra a covid-19###1310649###
7h44 - Índia com numero recorde de novos casos
Foram mais 126.789 registados esta quinta-feira. Morreram 686 pessoas.
No total, o país já registou quase 13 milhões de casos de covid-19, o terceiro país mais afetado depois dos EUA e do Brasil.

7h39 - Reforço dos apoios sociais entra hoje em vigor e é pago em maio

As alterações aos apoios sociais aprovados pelo parlamento e que o Governo vai enviar para o Tribunal Constitucional entram hoje em vigor e irão refletir-se no pagamento de maio para os trabalhadores independentes e sócios-gerentes.

Segundo fonte oficial do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, as mudanças no apoio à redução da atividade económica "terão impacto no mês de referência de abril, que é pago em maio".

Além deste apoio, entram também em vigor hoje outros dois diplomas, um que reforça o apoio à família devido ao encerramento das escolas e outro que alarga o âmbito das medidas excecionais de gestão de saúde.

Os três diplomas foram aprovados por apreciação parlamentar no início de março e o Governo já anunciou entretanto que vai pedir a fiscalização sucessiva ao Tribunal Constitucional por considerar que violam a 'lei-travão', ao aumentarem a despesa não orçamentada.

7h31 - Regresso a aulas presenciais na Madeira

Cerca de sete mil alunos do ensino secundário da Madeira regressam esta quinta-feira às escolas depois de terem estado com aulas à distância desde 11 de janeiro, na segunda-feira é a vez de 8700 estudantes do terceiro ciclo.

O Governo Regional da Madeira decidiu em 11 de janeiro suspender as aulas presenciais no arquipélago para o ensino secundário e 3.º ciclo face ao aumento de casos da Covid-19.

As aulas presenciais foram apenas mantidas para todos os restantes níveis de ensino - creches, jardins de infância, pré-escolar, 1.º ciclo, 2.º ciclo, ensino profissional e especial.

As escolas dos outros graus de ensino mantiveram assim as portas abertas, com a obrigatoriedade de cumprimento de medidas preventivas, tendo os encerramentos totais de escolas devido a casos de covid-19 sido pontuais exceções.

A decisão de retomar as aulas presenciais hoje para o ensino do secundário acontece depois de ter sido implementada a vacinação de "todo o 'staff' educativo na região".

7h16 - Polémica com vacinas no Brasil

O Instituto brasileiro Butantan informou na quarta-feira que cumprirá a entrega de 46 milhões de doses da vacina da Coronavac ao Ministério da Saúde, negando ter paralisado a produção local do imunizante.

A instituição vinculada ao Estado de São Paulo, que produz no Brasil a vacina do laboratório chinês Sinovac, indicou que o cronograma de entregas do imunizante ao Governo Federal será cumprido.

O comunicado foi emitido depois de alguns jornais brasileiros terem noticiado que a produção da Coronavac estava paralisada devido à falta de matéria-prima proveniente da China.

7h02 - Um apelo público

Dezenas de personalidades da sociedade portuguesa fazem esta quinta-feira um apelo público para que as vacinas contra a Covid-19 sejam consideradas um bem de interesse comum. E para que a Europa não submeta este processo às leis de mercado.

No manifesto que conta com o antigo presidente do Infarmed, José Aranda da Silva, como principal impulsionador e subscritores tão diversos como as ex-candidatas à Presidência da República Ana Gomes e Marisa Matias, o antigo diretor-geral da Saúde, Constantino Sakellarides, ou o bispo Januário Torgal Ferreira -, alerta-se para a necessidade urgente de aumentar a velocidade do processo de vacinação a nível europeu.

"É incompreensível a falta de vacinas hoje observadas em Portugal e na Europa, que colocaram os cidadãos europeus em situação de subalternidade em relação aos produtores de vacinas. Os argumentos avançados pela Comissão Europeia relativamente à natureza dos contratos, à capacidade de produção existente e aos preços acordados não são aceitáveis", refere o apelo.

6h34 - Ponto de situação

Portugal é o país da Europa com menos casos de reações adversas à vacina da AstraZeneca.

Foram reportadas ao Infarmed 535 reações em 481 mil vacinas administradas. Os dados foram comunicados à plataforma europeia de vigilância de reações adversas.

O país vai continuar a receber vacinas da AstraZeneca.###1310569###Até agora foram administradas 481 mil doses. No primeiro trimestre, Portugal recebeu mais de 700 mil doses. Neste segundo trimestre, a previsão é a de que sejam entregues mais um milhão e 600 mil.

No verão, devem chegar a Portugal mais de 4,5 milhões de doses da vacina.

EMA tomou posição

A Agência Europeia de Medicamentos confirmou ontem que há uma possível ligação entre a vacina da AstraZeneca e casos raros de trombose venosa.

O comité de analise de risco diz que até 4 de abril foram reportados 169 casos de trombose venosa cerebral e 53 de trombose venosa adbominal.###1310553###Houve 18 mortes em 34 milhões de pessoas vacinadas com a vacina da AstraZeneca.

O regulador europeu recomenda que a formação de coágulos passe a ser mencionada nos efeitos secundários.

Reações

As reacções face à decisão do regulador europeu não se fizeram esperar.

A Itália decidiu recomendar a vacina britânica e sueca a quem tenha mais de 60 anos. Para quem já tenha tomado a primeira dose, não haverá alterações.

A Alemanha não tomou posição, depois de recomendar, abaixo dos 60 anos, uma vacina alternativa em caso de segunda dose.

Já o chefe do Governo britânico afirmou que não vê motivos para alterar o plano de vacinação.

Os Países Baixos deverão anunciar esta quinta-feira uma posição.

O quadro em Portugal

Em 24 horas, morreram mais três pessoas, para um total de 16.890 óbitos desde o início da pandemia.

O último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, conhecido ao início da tarde de quarta-feira, reportou 883 novos casos de infeção.

Estavam ontem internadas menos 16 pessoas, para um total de 488. Nos cuidados intensivos estavam mais três pessoas, para um total de 116.

A nível nacional, o Rt (índice de transmissibilidade) é agora de 1,01, com 64,3 casos de infeção por cada 100 mil habitantes.

O quadro internacional

A pandemia da Covid-19 provocou pelo menos 2.874.984 mortes, resultantes de mais de 132,3 milhões de casos de infeção, de acordo com o balanço em permanente atualização por parte da agência France Presse.

O Brasil aproxima-se das cinco mil mortes diárias associadas à Covid-19.###1310574###A situação é de total descontrolo. Em 24 horas foi batido novo recorde: mais de 4000 vítimas mortais. Perante esta tragédia, o Presidente Jair Bolsonaro insiste em contrariar as medidas de confinamento.

AdChoices
AdChoices

Mais da RTP

image beaconimage beaconimage beacon