Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Tech & Science - Notícias de Ciência e Tecnologia

Drones da Google recebem aprovação para efetuar entregas

Logótipo de Logistica e Transportes Hoje Logistica e Transportes Hoje há 6 dias por Victor Jorge
A Wing, empresa de drones do universo Alphabet, dona da Google, recebeu autorização para começar a testar o serviço de distribuição de encomendas na Austrália, tendo-se associado para tal a duas empresas locais: a cadeia de restaurante mexicanos “Guzman y Gomez” e a cadeia farmacêutica “Chemist Warehouse”. © Fornecido por: Logistica e Transportes Hoje A Wing, empresa de drones do universo Alphabet, dona da Google, recebeu autorização para começar a testar o serviço de distribuição de encomendas na Austrália, tendo-se associado para tal a duas empresas locais: a cadeia de restaurante mexicanos “Guzman y Gomez” e a cadeia farmacêutica “Chemist Warehouse”.

A Wing, empresa de drones do universo Alphabet, dona da Google, recebeu autorização para começar a testar o serviço de distribuição de encomendas na Austrália, tendo-se associado para tal a duas empresas locais: a cadeia de restaurante mexicanos “Guzman y Gomez” e a cadeia farmacêutica “Chemist Warehouse”.

A Austrália é o campo de testes mais fértil para a tecnologia de entrega por drones por causa da regulação praticamente inexistente no país.

“Os sensores nas nossas aeronaves são responsáveis por identificar os obstáculos que podem aparecer durante um voo ou entrega, como um carro estacionado num local inesperado ou móveis externos que tenham sido movidos”, explica o co-líder do projeto James Ryan Burgess Burgess. “Quanto mais entregas de teste fizermos, expondo os sensores das aeronaves a novos locais de entrega, mais inteligentes serão os algoritmos das aeronaves para escolher um local seguro para as entregas”, admite o responsável.

Repetir Vídeo

O objetivo final é criar um sistema robusto que possa acelerar os prazos de entrega e captar empresas que atuam no setor dos alimentos e mercearias, bem como lojas de medicamentos e de conveniência.

Segundo a Wing, as entregas por drones podem representar entre 30 a 40 milhões de dólares australianos (entre 20 e 25 milhões de euros) para as empresas da região e que, em 2030, os drones possam fazer 25% das entregas.

AdChoices
AdChoices

Mais de Logistica e Transportes Hoje

image beaconimage beaconimage beacon