Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Health & Fitness - Top Stories - Notícias de Saúde e Bem-estar

Oito alimentos que o deixam inchado e que provavelmente não faz ideia

Logótipo de Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto 10/07/2019 Liliana Lopes Monteiro
Por vezes o motivo do inchaço abdominal é óbvio – bebeu algumas cervejas ou abusou no cozido à portuguesa. Porém, outras vezes, a razão pode ser um completo mistério. © iStock Por vezes o motivo do inchaço abdominal é óbvio – bebeu algumas cervejas ou abusou no cozido à portuguesa. Porém, outras vezes, a razão pode ser um completo mistério.

"O veneno de uma pessoa é o remédio de outra. O que uma pessoa tolera pode variar para a próxima", diz a nutricionista norte-americana Kelly Schmidt, num artigo publicado no jornal New York Times.

Na verdade, o inchaço pode acontecer mesmo se comer apenas saladas e refeições leves. Ou seja, alguns alimentos extremamente saudáveis também provocam a distensão do abdómen.

“A chave é usá-los estrategicamente”, explica Kelly. Referindo que basta evitar consumir esses alimentos nos dias em que definitivamente não pode ficar inchada.

Estes são alguns dos alimentos que o deixam inchado e que não fazia ideia:

1. Pastilhas elásticas sem açúcar

A principal razão pela qual algo tão pequeno pode causar grande inchaço? Duas palavras: álcoois de açúcar, diz Ashvini Mashru, nutricionista (EUA), em declrações também para o New York Times.

“São uma espécie de hidrato de carbono de difícil digestão. São uma causa comum de dores de estômago”, explica Mashru.

2. Água com gás

“Acho que a maioria das pessoas está ciente de que os refrigerantes provocam o inchaço”, diz Sass. Mas as bolhas presentes em algumas bebidas também são um fator agravante. Mesmo sem qualquer adoçante, esse gás pode inflamar a barriga como um balão.

3. Alho

O alho é um exemplo de alimentos que são mal absorvidos pelo trato gastrointestinal para o sangue, ou totalmente não absorvidos. Por causa disso, arrastam a água para o intestino e são fermentados por bactérias, que acumulam gás dentro do intestino.

4. Pipocas

“Uma porção equivale a três ou quatro xícaras, contendo a mesma quantidade de carboidratos que uma fatia de pão”, alerta Kelly Schmidt.

5. Saladas grandes

“O efeito aqui é duplo”, diz Schmidt. Primeiro, há o volume. Como as pipocas, uma salada grande vai ocupar mais espaço no estômago e, portanto, expandi-lo mais do que uma refeição pequena – mesmo que a salada tenha menos calorias.

6. Café

Obviamente, se é intolerante à lactose, sabe que adicionar natas ou leite ao ao café deixará o estômago inflamado. Mas o café preto também pode desencadear alguns problemas próprios de inchaço.

7. Feijão

Margie Saidel, nutricionista e vice-presidente de culinária, nutrição e sustentabilidade da Chartwells K12, refere que o feijão é uma fonte fantástica de proteína, por isso pode valer a pena o desconforto inicial, que se manifesta sobretudo através de gases.

Para reduzir o excesso de amido indutor do inchaço, Saidel orienta aumentar gradualmente o tamanho da porção.

8. Leite

O leite, por melhor que seja para os ossos, pode ser mais complicado para o organismo do que os seus ‘parentes’ mais gordurosos, como natas, manteiga e queijo.

“Muitas pessoas são intolerantes ao soro do leite, lactose e caseína. Portanto, apostar em leite sem lactose pode não ser suficiente”, explica Schmidt. E se é alérgico a laticínios, o inchaço pode manifestar-se como um sinal de inflamação na pele.

Schmidt indica o consumo de leites de amêndoas e de coco como ótimas alternativas.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pelo terceiro ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas 2019 para Imprensa Online. Descarregue a nossa App gratuita para iOS e Android

AdChoices
AdChoices

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon