Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Os cinco molhos mais saudáveis para temperar saladas

Logótipo de Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto 11/09/2018 Mariana Botelho
Não estrague o prato, mas também não o coma sem aquele toque de sabor (aprovado por nutricionistas).: Os cinco molhos mais saudáveis para temperar saladas © iStock Os cinco molhos mais saudáveis para temperar saladas

Quando decide almoçar uma salada, as intenções são as melhores: comer algo leve, pouco calórico e completo.

O problema – a que muitas vezes estamos mais ‘expostos’ quando a salada é comida fora de casa – está nos molhos que finalizam aquele prato e o transformam rapidamente em algo menos nutritivo e bem mais calórico. É o caso de molhos como maionese ou molho barbecue.

Sem molhos, contudo, a salada fica menos apelativa e torna-se uma opção de ‘torcer o nariz’. Para que tal não aconteça, há que conhecer as opções mais saudáveis. Não só dão sabor como complementam o prato nutricionalmente

Azeite Virgem Extra e Vinagrete: A opção mais básica é considerada um super alimento com propriedades antioxidantes (ou seja, protegem o cérebro e a sua capacidade de memória), além de regular os níveis de insulina e ajudar a prevenir graves doenças como cancro, doenças cardíacas ou diabetes tipo 2. nutricionistas aconselham a que misture uma colher de ambos os molhos com uma de mostarda.

Tahini: A pasta de sésamo não é nada mais do as sementes moídas, que libertam naturalmente um líquido, um pouco de limão e água. Uma opção saudável e vegan que é bastante rica em fibra e proteína.

Guacamole: Há quem coma barrado no pão, ou servido com tacos, mas a pasta de abacate serve também para temperar a salada, já que é uma gordura boa rica em antioxidantes, vitaminas e minerais. Para que a dose não seja em excesso, esta não deve ser a opção caso a salada já contenha abacate.

Hummus: Pasta de grão de bico com limão é ideal para acompanhar algumas saladas, principalmente as que contam com pouca proteína já que o grão de bico a garante. Estudos recentes garantem o grande aporte de nutrientes que se consegue através desta pasta.

Pesto: Não, não serve apenas para temperar massa. É bastante rico em fibra, proteína e ferro e deve ser misturado apenas com os vegetais, a que se junta posteriormente os restantes ingredientes.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor. Descarregue a nossa App gratuita para iPhone, iPad e Android

iOS e Android

AdChoices
AdChoices

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon